DESCOBERTA DE GÁS NATURAL INÉDITA EM MINAS

A expectativa gerada em torno das reservas de gás natural de Minas Gerais, desde quando foram encontrados indícios das riquezas minerais no subsolo, se concretizou na última semana, com o anúncio do governo mineiro de que foi feita uma descoberta inédita no Estado. A boa notícia veio do município de Morada Nova de Minas, a 280 quilômetros de Belo Horizonte, na bacia do vale do rio São Francisco, considerada de grande potencial exploratório.

A descoberta foi realizada no poço 1ORT1MG do bloco SF-T-132, no dia 27 de agosto, e informada à Agência Nacional do Petróleo (ANP) três dias depois. Esta é a primeira vez que se encontra gás na região do São Francisco, desde o fim do monopólio estatal. Por isso, a descoberta está sendo tratada como uma nova fronteira exploratória, assim como foi a da Bacia do Parnaíba, onde o empresário Eike Batista, através da OGX Maranhão, afirmou ter encontrado “meia Bolívia” de gás natural.

O poço é o primeiro pefurado pelo consórcio formado entre a Orteng Equipamentos e Sistemas – que atua como operadora, com 30% de participação - Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), com 49%, Imetame Energia, 10% e Delp Engenharia, com 11%. A previsão do consórcio é de que se tenha conhecimento do volume de gás em 60 dias. No momento, foram perfurados 1.500 metros, mas pretende se chegar a 2.500 metros, a fim de se confirmar o potencial da descoberta.

De acordo com a ANP, há suspeitas de gás na bacia do São Francisco desde 1960, mas, mesmo com outros 38 blocos de exploração, a fronteira é considerada pouco desenvolvida. Apesar de o gás vazar pelo leito dos rios da região, há dúvidas se há reservatótios de grande porte. O consórcio que fez a descoberta inédita na bacia já investiu R$ 12 milhões em pesquisas no bloco SF-T-132, desde 2006, quando assumiu a área.

Desenvolvimento para o Estado

A Bacia do São Francisco tem 118 mil km² de área sob concessão, de 350 mil km² totais. A descoberta na cidade de Morada Nova de Minas vai representar desenvolvimento e investimento para Minas Gerais, que não tem petróleo, mas passará a receber royalties do gás natural. A reserva encontrada promete ter capacidade de suprir a demanda de abastecimento do Estado, além de outros locais. A partir da confirmação do volume, será conhecido o potencial de exploração comercial do poço, o que poderá servir como base para projetos de um gasoduto e industrialização da região.

Nicomex Notícias – Redação
nicomex@nicomex.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir