Estudantes ganham mais atenção no evento - Rio Oil & Gas

Cada vez mais as empresas estão de olho no público jovem, seja porque vêem nele a oportunidade de mão-de-obra futura, seja porque se sentem atraídas pela constante curiosidade e capacidade que eles têm de se adequar às novas tecnologias. Quem visitar a Rio Oil até quinta-feira vai poder conferir experiências muito bem sucedidas de empresas que apostam no estudante, incentivando e estimulando seu conhecimento.

É o caso do Espaço Profissional do Futuro, projeto do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) em parceria com o Centro de Empreendedorismo Universitário (CEU) que, estimulado pela crescente demanda do mercado de petróleo e gás no Brasil por profissionais especializados, incentiva, desde 2002, interação entre o mercado de trabalho e jovens em formação.

De acordo com o Instituto, nesta edição da Rio Oil, o programa conta com a participação de 1.750 universitários em fase de conclusão de cursos nas áreas ligadas à atividade petrolífera. No local, eles têm a oportunidade de assistir e debater temas relevantes do setor, como o panorama atual da matriz energética brasileira, demanda de recursos humanos, segurança na indústria de petróleo e gás e mulheres no ramo de petróleo e gás.

Outra empresa de olho neste público é a Radix Engenharia, de soluções de engenharia e TI e 100% nacional. Em seu estande no Pavilhão 1 a empresa está realizando o Quix Radix, uma gincana de perguntas e respostas com estudantes de nível superior (curso de engenharia química) de cerca de 15 instituições de ensino do Rio de Janeiro, como Liessin, Cruzeiro, Aplicação UERJ, Colégio Militar, Pedro II, UFRJ, IME e PUC.

A competição foi inspirada no programa "Jeopardy", sucesso na TV dos Estados Unidos, criado na década de 1960. As perguntas são sobre acontecimentos gerais e o quiz tem patrocínio da Amil e apoio do Instituto Militar de Engenharia.

Luiz Eduardo Rubião, sócio-diretor da Radix, afirma que esta é uma forma de estimular os jovens a conhecerem o mundo da engenharia e suas possibilidades, principalmente o setor de óleo e gás. "Em um momento de desenvolvimento econômico, como o atual, alguns setores como construção civil, siderurgia, e petroquímica, entre outros, passam a se desenvolver, e a demanda por profissionais cresce mais que o número de recém-formados", analisa.

O Estaleiro Atlântico Sul, que faz sua estreia na feira, também realiza ações voltada para o segmento. A companhia conta com o Programa de Qualificação Profissional, que já investiu R$ 16 milhões no treinamento de 3 mil moradores da região do Recife, em Pernambuco.

Fonte: TN Petroleo

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir