UNIDADE PETROQUÍMICA DE SUAPE INICIA PRÉ-OPERAÇÃO

Parte do complexo industrial portuário de Suape, localizado em Ipojuca (PE), a Companhia Petroquímica de Pernambuco (PetroquímicaSuape) teve a pré-operação de sua unidade de polímeros e fios poliéster iniciada no último da 27 de agosto, com a presença do presidente Lula. Além do governante, também estiveram presentes na cerimônia o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, a diretorra de Gás e Energia, Graça Foster e o diretor da área de Abastecimento, Paulo Roberto Costa.

A unidade tem capacidade para produzir 240 mil toneladas de filamentos e polímeros têxteis por ano, divididos entre: Filamento POY, um produto intermediário que precisa de beneficiamenteo para ser utilizado, Texturizado, produzido a partir do POY, Liso e Polímeros, que são matérias-primas na produção de outros filamentos. Com essa estrutura, a Petroquímica Suape integra uma cadeia nacional de poliéster, que pode impulsionar setores como o de embalagens e têxtil, segundo maior gerador de empregos do país.

O complexo petroquímico é composto ainda, por mais duas plantas industriais. A primeira, é a unidade de PTA, ou ácido tereftálico, que é a matéria-prima para a produção de poliéster. Além dessa aplicação, o PTA tem ampla utilização nas indústrias têxteis, de embalagens PET, de filmes e em outros segmentos, como a fabricação de pneus e equipamentos usados no setor elétrico, automotivo e na indústria do petróleo. A produção dessa planta é de 700 mil toneladas ao ano.

A terceira unidade de Suape, com capacidade de 450 mil toneladas por ano, é a de produção de resina PET, utilizada na fabricação de embalagens plásticas. Essas duas plantas têm previsão para entrar em funcionamento até março de 2011. Com as três unidades a pleno vapor, o faturamento anual do complexo deverá ser de R$ 4 bilhões, com economia de US$ 1 bilhão, a partir da substituição das importações.

O Complexo

A Petroquímica Suape faz parte da carteira de projetos estratégicos da Petrobras e está incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). No local, foram investidos R$ 4,007 bilhões e a expectativa é de que as operações empreguem 1.800 funcionários próprios e contratados. Nesse momento, as obras têm mais de sete mil pessoas envolvidas, número que deve ultrapassar oito mil no mês de pico, em novembro deste ano. O pleno funcionamento das três unidades está previsto para o fim de 2011, quando o complexo se tornará o mais importante pólo integrado de poliéster da América Latina.

Por Matheus Franco
matheus.f@nicomexnoticias.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir