Abertos preços da P-62 e P-58

A Queiroz Galvão e o consórcio Iesa/Camargo Corrêa apresentaram o menor preço na licitação da Petrobras destinada à integração dos módulos da P-58 e P-62, respectivamente. Os dois grupos deverão ser chamados pela comissão de licitação, conduzida pela área de Engenharia, para negociar o valor de suas propostas, a exemplo do que tem ocorrido em grandes processos.

O preço da Queiroz Galvão para a P-58 ficou em US$ 549,1 milhões. Já o consórcio Iesa/Camargo Corrêa apresentou proposta no valor de US$ 554,311 milhões. Os envelopes preço foram abertos no fim de setembro e as empresas aguardam a convocação da Petrobras para negociação.

Além dos dois grupos, o processo foi disputado também pela Andrade Gutierrez, Odebrecht/ UTC/ OAS, Keppel Fels e Galvão/Mendes Júnior.

Construída no Keppel, a P-58 será instalada no campo de Baleia Azul, enquanto a P-62, em construção no Jurong, será destinada a Roncador. As unidades terão capacidade para produzir 180 mil barris/dia de óleo.

A área de Engenharia deverá convocar também a UTC e a EBE para negociar os preços da licitação voltada a contratação dos 12 módulos da P-58 e P-62, distribuídos em três pacotes. A UTC apresentou o menor preço para os lotes II e III, com as propostas de US$ 155.907.196 e US$ 190.124.286, respectivamente. A proposta da EBE para o lote IV ficou em US$ 123.170.663. (C.S.)

Fonte: Energia Hoje

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir