Discurso menos otimista

O governo federal estima que se o novo marco regulatório do setor petróleo não for aprovado até o final de novembro será difícil para ANP realizar qualquer leilão de áreas exploratórias no primeiro semestre do próximo ano. A avaliação é do secretário de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia (MME), Marco Antônio Almeida, que, contudo se mostrou otimista para a conclusão do processo de aprovação da nova legislação após o segundo turno eleitoral.

Os técnicos da ANP agência já trabalhavam com a possibilidade de duas ou três licitações para blocos no primeiro trimestre de 2011. Este será o segundo ano consecutivo, desde a abertura do setor, sem um leilão de áreas exploratórias. A última e mais fraca rodada da agência foi realizada em 2008. Desde a retirada dos 41 blocos na margem do pré-sal na 9ª rodada, realizada em 2007, não é feita uma concorrência atrativa para blocos exploratórios no país.

Os estudos apresentados pelo órgão regulador para a realização do leilão já estão no Ministério de Minas e Energia (MME) há cerca de cinco meses. O governo, no entanto, preferiu aguardar a conclusão da votação do projeto do novo marco regulatório para fazer um novo leilão de concessão.

A 11ª rodada da ANP deveria ofertar blocos em terra, águas rasas e profundas e nova fronteira, principalmente na margem equatorial. Estavam previstos ainda os blocos da 8ª rodada que não foram licitados e que estão localizados na margem equatorial, como os das bacias do Recôncavo e Pará-Maranhão.

Fonte: Energia Hoje

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir