IBP debate o desenvolvimento sustentável e a indústria brasileira de petróleo e gás

Promovido pelo Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), será realizado nesta quarta-feira (6), no Rio, o seminário anual de responsabilidade social corporativa. O desenvolvimento sustentável e a indústria brasileira de petróleo e gás na Era do pré-sal é o tema deste ano.

Segundo Carlos Victal, coordenador de responsabilidade social do IBP, o seminário de responsabilidade social corporativa do IBP, chega a sua quarta edição consecutiva com a certeza de ter atingido o seu objetivo inicial de disseminar os conceitos e práticas de responsabilidade social no âmbito da indústria de petróleo e gás.

O executivo revela que nesse sentido diversas ações foram realizadas como os indicadores setoriais e as apresentações institucionais para o público das Comissões técnicas do IBP e lembra: "o seminário e o curso sobre gestão da responsabilidade social continuarão existindo para dar suporte aos segmentos da cadeia de valor que estão surgindo agora com a nova era do pré-sal e que certamente precisarão desenvolver seus próprios movimentos de responsabilidade social", aponta Victal.

Victal conta ainda que o tema do seminário deste ano marca uma novo momento da comissão de responsabilidade social corporativa do IBP, após o excelente trabalho de disseminação de conceitos e práticas. "Chegou a hora de calçar novos desafios, dentre estes destaca-se a disseminação da ISO 26000, norma internacional de gestão da responsabilidade social, que será publicada no final desse ano, a ampliação da participação do setor na elaboração dos relatórios de sustentabilidade e a contribuição na construção dos indicadores setoriais do GRI", afima.

Os novos parâmetros de gestão de responsabilidade social para indústria de petróleo e gás são o tema do painel da manhã moderado por Lia Blower, representante da Chevron na Comissão de responsabilidade social corporativa (RSC) do IBP. Os assuntos debatidos, serão: a ISO 26000, a proposta da GRI sobre integração de relatórios e o suplemento do GRI para o setor de petróleo e gás.

O debate da tarde, moderado por Cristina Brunet, representante da BP na Comissão de RSC do IBP, será sobre tecnologia e desenvolvimento Sustentável. Os palestrantes tratarão da segurança energética: diversidade, concorrência e eficiência e da relação entre biocombustível e sustentabilidade.

Será realizado também duas palestras especiais: a primeira, com a Dra. Susan Andrews, coordenadora do Instituto Visão Futuro, sobre o tema PIB x FIB: novos indicadores de sustentabilidade (FIB - índice de felicidade interna bruta) e outra sobre os desafios socioambientais, com Márcia Cauduro, representante da TBG na comissão de RSC do IBP.

Na ocasião, será realizado também uma premiação científica, que é uma iniciativa da UFF/LATEC em parceria com a Comissão de Responsabilidade Social do IBP. A premiação visa estimular a produção acadêmica de teses na área de sustentabilidade.

Serão premiados os dois melhores trabalhos em graduação, mestrado e doutorado. As teses premiadas serão disponibilizadas no site da Comissão: www.ibp.org.br/comissaorsc, após o evento.

Programação completa e mais informações: http://www.ibp.org.br/


Fonte: TN Petroleo

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir