Plataforma vai aumentar em 30% produção de petróleo no Estado

Será batizada nesta quinta-feira a P-57, navio-plataforma tipo FPSO com capacidade de produzir 180 mil barris de óleo e de comprimir 2 milhões de metros cúbicos de gás natural diariamente. A plataforma será instalada no campo de Jubarte, Litoral Sul do Espírito Santo. Com a chegada dessa FPSO, a produção diária de petróleo no Estado, hoje em 250 mil barris/dia, será incrementada em 30% até o final de 2011, quando a P-57 alcançará o limite de sua capacidade. A produção deve começar em novembro.

A P-57, que operará no pós-sal, chega para colocar de vez o Espírito Santo no hall dos grandes produtores de óleo e gás. Hoje, o Estado só abriga plataformas com capacidade de produção de até 100 mil barris por dia. "Só campos gigantes recebem esse tipo de embarcação. Ela está no padrão das maiores do Brasil. Sem dúvida, o Espírito Santo ganha muito em sua capacidade de produção", assinala o secretário de Desenvolvimento do Estado, Márcio Félix Bezerra.

O batismo da P-57, acontecerá em Angra dos Reis, Litoral Sul do Rio de Janeiro, onde a FPSO passa pelos ajustes finais. Participarão da cerimônia o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o governador Paulo Hartung e toda a diretoria da Petrobras.

A plataforma foi construída pela SBM, em Cingapura. Os aportes no projeto de produção da P-57 somam R$ 5,1 bilhões, sendo R$ 3,1 bilhões até o final do ano e R$ 2 bilhões até 2014. A unidade será interligada a 22 poços, sendo 15 produtores e sete injetores. O campo de Jubarte é uma das áreas que compõe o conjunto de campos denominado Parque das Baleias, no norte da Bacia de Campos, cerca de 80 quilômetros distante da costa e em uma área com 1,2 mil metros de profundidade. O gás produzido pela FPSO será escoado por um gasoduto até a Unidade de Tratamento de Gás de Anchieta (UTG Sul).

A P-57 é parte importante de um plano que visa a expansão da produção de petróleo no Espírito Santo. Hoje, são 250 mil barris/dia, até o final de 2010 devem ser 300 mil. Em 2011, a expectativa é bater os 400 mil. Até 2015, deverão ser produzidos em solo é águas capixabas 500 mil barris de petróleo por dia. Quase metade desse volume todo, 40%, segundo estimativas da Petrobras, virá de reservatórios do pré-sal.

O Parque das Baleias, por sinal, verá um movimento intenso de chegada de plataformas até 2015. A Cidade de Anchieta, que ficará em Baleia Azul, chega em 2012, e a P-58, que ficará na porção norte da província, aporta em 2014. A P-34, que está hoje em Jubarte, será deslocada em 2015 para produzir óleo do pós-sal de Baleia Azul.

Produção de gás e petróleo cresce 2,7%

A produção média diária de petróleo e gás natural da Petrobras no Brasil e no exterior em agosto foi de 2.598.763 barris de óleo equivalente (boed). Esse resultado ficou 2,7% acima do volume registrado no mesmo mês de 2009. Considerando apenas os campos no Brasil, a produção média diária de petróleo e gás alcançou 2.351.951 barris de óleo equivalente.

Fonte: A Gazeta Vitória (ES)/Abdo Filho

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir