SINOPEC SE UNE À REPSOL PELO PETRÓLEO BRASILEIRO

O mês de outubro começou movimentado no setor petrolífero com a compra de 40% da Repsol Brasil pela chinesa Sinopec. A transação foi firmada no dia 1º e criou uma das empresas energéticas com maior valor na América Latina, US$ 17,8 bilhões, segundo comunicado enviado pela Repsol à Comissão Nacional da Bolsa de Valores (CNMV), que regulamenta a bolsa espanhola. Na negociação, a Sinopec desembolsou US$ 7,1 bilhões, por 40% das operações brasileiras da companhia espanhola.

O acordo irá beneficiar o desenvolvimento da atividade exploratória da Repsol no Brasil, onde a petrolífera foi a terceira maior produtora de hidrocarbonetos em 2009. Na carteira de ativos do braço brasileiro da companhia espanhola estão o campo produtivo de Albacora Leste, oito descobertas e outros projetos exploratórios e áreas identificadas com potencial, segundo informações do site da empresa. “Estamos muito contentes de compartilhar o desenvolvimento dos ativos brasileiros da Repsol com um sócio de reconhecido prestígio no setor como Sinopec. Juntos podemos ajudar a expandir as relações empresariais entre Brasil, China e Espanha”, disse o presidente da Repsol, Antonio Brufau.

De acordo com o termos estabelecidos, a participação da Sinopec se limitará aos investimentos, deixando a operação propriamente dita com a Repsol. Essa negociação reforça o potencial de aporte que a China vem desenvolvendo cada vez mais no Brasil. Em recente entrevista ao Nicomex Notícias, o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China (CCBIC), Charles Tang, ilustrou com clareza essa realidade: “O Brasil precisa de capital e de investimentos para poder crescer sua economia e gerar empregos e a China necessita dos recursos naturais que o Brasil tem em abundância”, disse.

Em comunicado ao mercado, a Sinopec já tomou partido da associação com a Repsol no Brasil e divulgou que está projetando uma produção de 200 mil barris por dia de óleo equivalente para a maioria dos blocos marítimos da parceria. Apesar do acordo, as duas companhias irão continuar seus planos de expansão no País e poderão participar em conjunto ou separadamente de futuras licitações da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Troca de comando

O grupo espanhol Repsol YPF anunciou no último dia 05 que irá nomear Nemesio Fernández-Cuesta como o responsável pelas operações da petrolífera no Brasil. Atualmente, o executivo ocupa o cargo de diretor-geral de exploração e produção na companhia. No País, a Repsol tem uma posição estratégica nas áreas de maior potencial do pré-sal brasileiro e lidera, junto com Petrobras e BG, a atividade exploratória na Bacia de Santos.

Por Matheus Franco
matheus.f@nicomexnoticias.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir