Navios-plataforma contratados pela Petrobras devem entrar em operação em 2017

Os navios-plataforma, cuja construção dos cascos foi contratada nesta quinta-feira (11) pela Petrobras e pelas parceiras BG, Galp e Repsol com a Engevix Engenharia, devem entrar em operação em 2017. Os contratos somam US$ 3,46 bilhões e estão sendo considerados de grande importância estratégica para que a estatal alcance as metas de produção previstas para o pré-sal da Bacia de Santos.

A Petrobras informou, em nota, que as plataformas devem acrescentar cerca de 900 mil barris de óleo por dia à produção nacional, quando estiverem operando com capacidade máxima. “Essas unidades, batizadas de 'replicantes', integram a nova geração de unidades de produção concebidas segundo parâmetros de simplificação de projetos e padronização de equipamentos. A produção em série de cascos idênticos permitirá maior rapidez no processo de construção, ganho de escala e a consequente otimização de custos”.

Ainda segundo a nota da estatal, cada uma das oito plataformas, todas do tipo FPSO (que produzem, armazenam e transferem óleo e gás), terá capacidade para processar diariamente até 150 mil barris de óleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural.

As informações indicam que, das oito unidades contratadas, seis serão administradas pelo consórcio que detém a concessão das áreas de Tupi e Iracema. As outras duas serão gerenciadas pelo consórcio do bloco que abrange os campos de Guará e Carioca. Os cascos serão construídos no Polo Naval de Rio Grande (RS), onde funciona o dique seco da Engevix. A previsão de conteúdo nacional é de, aproximadamente, 70%.

“Os dois primeiros cascos deverão ser entregues ainda em 2013, enquanto os demais, ao longo de 2014 e 2015”, informou a estatal em nota.

O consórcio do Bloco BM-S-11 (que engloba Tupi e Iracema) é controlado pela Petrobras (65%), que tem como sócias a BG do Brasil (25%) e a Galp Energia (10%). Já o consórcio do Bloco BM-S-9 (Guará e Carioca) é formado pela Petrobras (45%), BG do Brasil (30%) e Repsol do Brasil (25%).

Fonte: Agência Brasil/Nielmar de Oliveira

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir