Consumo de gás natural no País cresce 55% em outubro

Getty Images/ David McNew/EXAME.com

Impulsionadas pelo consumo das usinas termelétricas, as vendas de gás natural apresentaram forte alta de 55,4% em outubro de 2010 na comparação com igual período de 2009, de 38,39 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) para 59,69 milhões de m³/d, segundo a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). Este é o segundo maior volume comercializado no ano, atrás somente das vendas apuradas em setembro, de 62,77 milhões de m³/d.

Em outubro de 2010, o consumo de gás pelas térmicas foi de 19,90 milhões de m³/d, expansão de 671,7% na comparação com os 2,58 milhões de m³/d de outubro de 2009. O forte crescimento da demanda se explica pelo uso intenso das térmicas para poupar os reservatórios das hidrelétricas. Em razão do fenômeno climático La Niña, que intensificou a falta de chuvas neste segundo semestre, o nível de água nos reservatórios estava no mais baixo dos últimos anos. Isso levou ao Operador Nacional Sistema Elétrico (ONS) a determinar o despacho das térmicas a gás para complementar a geração de energia.

Adicionalmente, o mercado não térmico de gás (industrial, residencial, comercial, gás natural veicular, entre outros) cresceu de maneira expressiva entre outubro de 2010 e o igual mês de 2009. No período em questão, o volume comercializado para essas classes de consumo cresceu 11,1%, de 35,80 milhões de m³/d para 39,78 milhões de m³/d. Esse volume representa um pequeno incremento de 1,9% em relação aos 39,03 milhões de m?/d de setembro de 2010.

Entre as classes de consumo, as vendas de gás para o segmento industrial cresceram 11,25% entre outubro de 2010 e igual intervalo de 2009. O crescimento reflete a recuperação da atividade econômica no País, reforçado pelo fato de que o início do quarto trimestre de cada ano é uma época tradicionalmente mais forte das indústrias. Outro mercado relacionado à atividade industrial que apresentou expansão foi o de cogeração, de 5,1%.

O mercado residencial também se destacou no período, cujo crescimento nas vendas foi de 12,8%. O segmento comercial teve expansão de 6,1%. Já a comercialização de gás natural veicular (GNV) voltou a apresentar queda, em razão da menor competitividade com o etanol e a gasolina. No período em questão a retração no consumo de GNV foi 4,1%, para 5,46 milhões de m³/d.

Fonte: Portal Exame

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir