AGGREKO NEGOCIA FORNECIMENTO DE GERADORES MOVIDOS A GÁS


Cada vez mais o gás natural tem sido utilizado como fonte de energia pela indústria brasileira. Assim como o recente anúncio da primeira termelétrica movida por gás natural lançado na última semana no Espírito Santo, a Aggreko, companhia que atua no mercado de fornecimento de soluções temporárias de energia, divulgou que está em negociação com o mercado internacional para prover geradores movidos a gás

Segundo informações da empresa, o Comitê de Desenvolvimento de Energia de Bangladesh anunciou que pretende contratar a Aggreko para o fornecimento de energia emergencial adicional de 150 MW. O novo contrato proposto, avaliado em aproximadamente US$180 milhões, trata-se de uma planta de energia gerada a gás e valerá por três anos. O contrato será efetivado seguindo os procedimentos e aprovações costumeiros de Bangladesh.

A oportunidade de fornecer uma usina a gás surgiu após falha ocorrida em uma grande turbina de gás em Bangladesh. Utilizando uma planta temporária da Aggreko, o Comitê divulgou que pretende minimizar a interrupção causada pela perda de capacidade de geração enquanto a nova capacidade permanente não entra em atividade.

Para o Diretor Executivo da Aggreko, Rupert Soames, essa negociação é de suma importância para o posicionamento da empresa no mercado. “Estamos bastante satisfeitos que o Comitê de Bangladesh tenha demonstrado sua confiança contínua na habilidade da Aggreko em entregar energia confiável em um curto espaço de tempo. Com 150 MW, esta planta será a maior instalação de geradores movidos a gás da nossa empresa e ressalta a importância desta nova linha de produto” – disse o executivo.

Vantagens do gás
Quanto às vantagens do uso do gás natural em um processo de geração de energia, a assessoria de imprensa da Aggreko explicou ao NN, que o combustível é o item mais caro e o gás natural permite a utilização de uma fonte de energia de alta eficiência que é financeiramente mais econômica. “A locação dos geradores movidos à gás, além da redução de emissões de gases poluentes na atmosfera, representa uma economia de até 50% no custo da operação” – destacou.

Por Beatriz Silva
beatriz.s@nicomexnoticias.com.br

Fonte: Nicomex Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir