Exxon Mobil não encontra óleo em três poços abertos na costa brasileira

Depois de perfurar três caros poços em águas profundas na costa brasileira, a Exxon Mobil Corp. não conseguiu encontrar petróleo, confirmou ontem a companhia. É um grande revés para a petrolífera americana, numa parte do mundo em que outras empresas, especialmente a Petrobras, conseguiram algumas das maiores descobertas petrolífera's das últimas décadas.

Um porta-voz disse que a Exxon planeja "continuar analisando os dados dos três poços" e ainda não desistiu totalmente de encontrar petróleo na região. A Exxon informou que deu baixa contábil no custo dos poços no quarto trimestre de 2010, que totalizou centenas de milhões de dólares. A empresa ainda não divulgou seus resultados do quarto trimestre. A empresa também confirmou que contabilizou um terceiro poço, de 2009, que ela já havia reconhecido que não tinha petróleo.

Nos últimos anos, a petrolífera texana havia anunciado suas concessões nas águas brasileiras como de "alto potencial". O governo brasileiro calcula que a região inteira tenha entre 50 bilhões e 100 bilhões de barris de petróleo. Mas os campos brasileiros estão embaixo de um espesso domo de sal que dificulta localizar o petróleo e furar poços.

A Petrobras fez descobertas de bilhões de barris nos últimos anos perto de onde a Exxon explorou. Graças a essas descobertas, o Brasil deve se tornar um importante exportador de petróleo e já está construindo dezenas de plataformas de perfuração e navios de suporte para explorar o petróleo.

Mas o esforço é caro e tem seus riscos. A Hess Corp, dona de 40% da concessão da Exxon na costa brasileira, contabilizou ontem despesa extraordinária de US$ 111 milhões (US$ 72 milhões depois de impostos) para dois dos três poços. Com base na sua fatia, é possível inferir que o custo de perfurar esses dois poços passou de US$ 250 milhões. A Exxon tem 40% da concessão e a opera. A Petrobras tem 20%.

"Não é uma boa notícia, mas não é o fim do mundo", diz Lysle Brinker, diretor de análise de ações de petróleo e consultor da IHS Herold, sediada em Englewood, no Estado de Colorado. Notando que a Petrobras já obteve recentemente várias descobertas bem-sucedidas perto da concessão da Exxon, Brinker diz que a costa do Brasil ainda promete uma quantidade gigantesca de petróleo. Mas ele acrescentou: "Podemos ver que nem tudo vai às mil maravilhas."

Fonte: Valor Econômico/Russell Gold | The Wall Street Journal

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir