Feliz 2011

Peço emprestados cinco minutos de vocês, nesses momentos de festa e de alegria que marcam a passagem do ano.

A impressão que tenho é a de que o tempo está sendo acelerado, passando cada vez mais depressa. Antes, o ano 2000 parecia coisa de ficção científica. Hoje, está terminando a primeira década do terceiro milênio. Em que mundo estamos vivendo?

Vai fazer 10 anos do ataque às Duas Torres e do início da guerra contra o Afeganistão e logo depois contra o Iraque. Essa já é a guerra de maior duração dos EUA, com milhares de jovens americanos mortos, dezenas de milhares de mutilados. Do outro lado, estão centenas de milhares, talvez milhões, de afegãos e iraquianos mortos e mutilados.

Vimos a eleição de um Presidente americano negro, trazendo esperanças de mudanças, e dois anos depois, tudo fica como estava; ele tenta, cada vez mais, mudar menos, espremido pela força dos republicanos e também dos democratas, além do conservadorismo do povo norte-americano.

A crise que estourou em 2007/2008 acabou com ilusões de que o Mercado se controlaria por si só, tornando desnecessário o Governo, sonho dos liberais. Com a crise, apelou-se para o Governo abrir a caixa de recursos e salvar os grandes bancos, raiz e beneficiário dessa situação caótica.

A Europa, também em crise, segue o caminho da chefia do Império, tendo seu futuro atrelado às grandes decisões do outro lado do Atlântico, ao qual está atrelada.

A África continua abandonada, dizimada pela AIDS e pela fome, com governantes milionários e povos miseráveis.

A China executa o maior programa de inserção social da história da humanidade, tirando quinhentos milhões de pessoas da pobreza e abrindo esperança de tirar as centenas de milhões que ainda estão faltando. O chamado “Negócio da China”, com que os ocidentais humilharam o povo chinês, é coisa de um passado que nunca mais voltará.

Felizmente, vemos uma América Latina se erguer, lutar por sua verdadeira hegemonia, crescendo apesar da crise, avançando em seus indicadores sociais, que embora reconhecidos na ONU e na UNESCO, permanecem desconhecidos em nossos meios de comunicação, onde figuras como Evo Morales e Chaves são demonizadas pela grande imprensa.
Nosso Brasil realiza mais uma eleição e está dando posse à primeira mulher como Presidente de nossa República. Acaba o segundo mandato de um metalúrgico sem um dedo, que erra no Português e acerta na Política.

Quando surgiram os primeiros resultados positivos na economia, os conservadores argumentavam que, enquanto FHC pegara o mundo em crise, Lula navegava em céu de brigadeiro. Veio a crise em 2007 e, enquanto os liberais pregavam a contenção dos gastos, Lula saiu gastando e convocando o povo a gastar; “a crise era uma marolinha”, afirmava, enquanto era gozado pela grande imprensa. Resultado: dois países saíram muito bem da crise, China e Brasil. Aqui, previa-se um crescimento máximo de 4,5%; crescemos 7,5%, correndo logo atrás da China.

Fui Presidente do Clube de Engenharia duas vezes e vi os engenheiros fazendo concurso para fiscal de renda ou dirigindo taxi; nossa engenharia morria de inanição. Hoje faltam engenheiros para as necessidades do Brasil. A Petrobras voltou a fazer concursos e ajuda a abrir cursos de engenharia para atender às suas necessidades crescentes de mão de obra especializada.

Nunca fui do PT nem sou lulista, mas também não sou cego. O Brasil mudou e mudou para melhor. Que bom!!! Vamos ver como se sai a Dilma, cuja bela história de vida abre esperanças de grandes avanços para nosso país.

Quanto ao mundo em geral, minhas esperanças não são muito grandes. Vemos aumentar a degradação ambiental, diante da cegueira dos mais ricos que se recusam a abrir mão do luxo e do consumismo, que estão ameaçando a própria sobrevivência da humanidade. Vemos uma crise anunciada no horizonte. Ficamos exageradamente viciados no petróleo barato e a exploração das novas reservas, também elas limitadas, são de custos cada vez maiores, além de mais agressivas ao meio ambiente. Os acidentes ecológicos devem crescer em frequência e em danos ambientais.

É preciso migrar, enquanto é tempo, se ainda houver tempo, para uma nova forma de o ser humano se relacionar com o meio ambiente. Ao lado da busca por novas fontes de energia menos agressivas, precisamos reduzir as necessidades energéticas, com nova maneira de viver, superando a sociedade de consumo e de desperdício, onde convivem, lado a lado, a imoral riqueza predatória, com a miséria, também ela imoral, diante das possibilidades tecnológicas que o ser humano já está dominando.

Essa transição necessária, urgente, não será de implementação fácil, diante dos interesses que ameaça. Lamentavelmente, creio que a transição só ocorrerá quando a crise for iminente e, aí, os custos serão muito maiores, em especial, como sempre, para os mais carentes.

É nesse mundo que viverão os netos de nossos netos. Será difícil explicar o grau de irresponsabilidade dos que estão vivendo hoje, em especial dos que dominam as riquezas e que se recusam a abrir mão, por pouco que seja, de seus privilégios, em prol de um mundo mais sustentável, onde o desenvolvimento tecnológico esteja a serviço da humanidade, não sendo um simples instrumento de concentração do poder e da riqueza.

No fim do ano, estamos todos com a sensibilidade aguçada. É exatamente por isso que tento trazer algumas preocupações para os corações abertos desses dias.

Sei que é uma heterodoxa mensagem de fim de ano, mas é como penso convocar a todos os meus amigos para realmente ajudarmos a construir uma sociedade mais justa, fraterna, onde os votos de feliz ano novo tenham conteúdo, não se limitando a uma maneira formal de cumprimento.

“Para não dizer que não falei de flores”, um FELIZ 2011 para todos, nesse pequeno e maltratado planeta.

Por: Raymundo de Oliveira

Fonte: Equipe UP

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir