MAIS UM PASSO PARA IMPLANTAÇÃO DA PREMIUM II


A Petrobras lançou na última quarta-feira, dia 29, a pedra fundamental para a implantação da Refinaria Premium II, empreendimento integrante do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), no estado do Ceará. A cerimônia de lançamento contou com as presenças do presidente Lula , acompanhado do governador do Ceará, Cid Gomes, e do presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, que destacou que a unidade deverá operar a partir de 2017, com produção de 300 mil barris/dia.

A área que está sendo estudada para a implantação da Refinaria Premium II fica no Complexo Industrial do Porto de Pecém (CIPP), no município de Caucaia (CE), onde está sendo iniciada a campanha de sondagem do terreno. A unidade deverá produzir diesel com baixo teor de enxofre, querosene de aviação, nafta, gás de cozinha e bunker (combustível de navio) com a finalidade de atender o mercado interno.

O planejamento inicial dessa refinaria juntamente com a Premium I seria de exportar óleo diesel, porém, conforme declaração recente do diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, essa idéia foi alterada devido ao fato incomum de o consumo de combustíveis ter crescido em 2010 mais do que a economia como um todo. Em entrevista ao Nicomex Notícias, o professor da Petroquallity, Everton Gomes, detalha melhor o ocorrido.

“As novas refinarias "Premium", após sua conclusão, vão se tornar as maiores refinarias do Brasil, com uma incrível capacidade de refinar 600 mil barris de petróleo por dia. Como o mercado brasileiro de petróleo está em alta, a sua produção tem que ser voltada para abastecer o mercado interno já que o preço de combustíveis como gasolina e querosene para aviação estão em ascensão e têm um valor de mercado maior se comparado com o óleo diesel” – afirma Everton, destacando que esta unidade irá produzir com maior tecnologia e um valor maior ainda a nafta, muito utilizada nas indústrias petroquímicas.

Para implantação do projeto há previsão da geração de 90 mil postos de trabalho diretos, indiretos e por efeito de renda, demonstrando assim como o setor petroquímico está em ascensão. “O aquecimento deste mercado se deve ao fato das indústrias estarem fabricando mais produtos ao invés de importarem produtos que utilizem derivados petroquímicos e ao aumento do consumo interno do mercado brasileiro, maior poder de compra do brasileiro e uma economia que vem crescendo 5% ao ano” – finaliza o professor da Petroquallity.

Por Beatriz Silva
beatriz.s@nicomexnoticias.com.br

Fonte: Nicomex Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir