PDVSA CONFIRMA INVESTIMENTO NA REFINARIA ABREU E LIMA


Após muitas controvérsias no mercado de que a estatal petrolífera da Venezuela, a PDVSA, permaneceria no projeto para a construção da refinaria Abreu e Lima, finalmente, o ministro de Energia venezuelano, Rafael Ramírez, confirmou que irão levar a frente a parceria acertada com a Petrobras. Até o momento, a refinaria que fica em Pernambuco contava somente com os aportes provenientes da estatal brasileira.

Em entrevista à imprensa, o ministro venezuelano, afirmou que o investimento inicial será enviado ao Brasil antes de fevereiro. Está tramitando (o empréstimo do BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), e nós vamos fazer nosso aporte de US$ 480 milhões (aproximadamente R$ 810 milhões), que é o aporte inicial, disse Ramírez acrescentando que a PDVSA aumentará seus investimentos para 2011 em 4,3%, para 12 bilhões de dólares. Em 2010, a estatal investiu 11,5 bilhões de dólares.

A declaração foi feita depois de o ministro de Minas e Energia do Brasil, Edison Lobão, afirmar no início deste mês que a Petrobras poderia construir a refinaria Abreu e Lima sozinha, caso a Venezuela não cumprisse com sua parte do acordo. Vale lembrar que a PDVSA tem 40% de participação no projeto da refinaria, que deverá produzir 230 mil barris diários de petróleo pesado e 162 mil barris diários de diesel com baixo teor de enxofre.

Em nota, a Petrobras salientou que não iria se pronunciar sobre o assunto. Especialistas do mercado petrolífero afirmam que apesar da instabilidade do governo venezuelano, a relação entre as estatais pode gerar uma troca e conhecimentos de técnicas de refino. Isso porque enquanto o petróleo venezuelano é pesado, o Brasil tem perspectivas de alta produção de petróleo leve.

Mais investimentos em refinarias
A excelente perspectiva no mercado de óleo e gás no Brasil tem aumentado o interesse da Petrobras em investir em refinarias no país. Apesar de muitos especialistas não concordarem com esse novo planejamento da estatal brasileira, o diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras, Paulo Roberto Costa, justifica que a demanda interna está crescendo consideravelmente, ao ponto do Brasil saltar da décima para a quinta posição entre os maiores países consumidores mundiais de petróleo.

Nicomex Notícias – Redação
nicomex@nicomex.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir