ASMIRG-BR desafia Deputados a uma fiscalização

O setor do gás de cozinha vive seu clímax, a Lei 12.009 é um exemplo, estamos mudando um sistema de entregas que até então é referencia para muitos países, para um sistema onde colocamos em risco o abastecimento em áreas de difícil acesso.

Outro exemplo claro é o PL 1092/2011 que quase passou aprovado pela Comissão de Defesa do Consumidor - CDC ontem no Congresso Nacional. Neste Projeto de Lei uma revenda que reincidir uma infração pode ficar interditada por cinco anos e até ter cancelado sua autorização na ANP. 

De forma bem simples, se um agente de fiscalização encontrar pela segunda vez alguns botijões fora da área de armazenamento, a revenda será interditada por cinco anos por estar atuando sem segurança...


É de se estranhar a posição de alguns Deputados quanto a real preocupação com a segurança em nosso setor e com a população brasileira, não existe relatos de tragédias ou acidentes graves com nossas revendas legalizadas, a ANP e o Corpo de Bombeiros Militar atuam de forma exemplar quando observamos os rígidos critérios de segurança. Mas existe um elevado índice de acidentes com botijões de gás de cozinha, façam uma pesquisa pelo Google, ao digitarmos – botijão explode – só encontramos aproximadamente 88.500 resultados (pesquisa realizada em 04/08/2011 às 11:00).


Aí chamamos a atenção de nossos amigos Deputados que nos lêem em cópia a nos esclarecer do porque o botijão de gás de cozinha não tem data de validade, o Código de Defesa do Consumidor dar o privilégio as Companhias Distribuidoras e as fábricas de vasilhames de botijão de gás de cozinha a omitir tal dado? Desafiamos a qualquer um Deputado a uma breve fiscalização seja qual for o Estado ou cidade para analisar a segurança destes botijões de gás de cozinha, e mais, do porque órgãos como INMETRO e de Defesa do Consumidor não orientam nossa população e muito menos fiscalizam os responsáveis por encherem estes botijões? Podemos continuar colocando em risco a população por estarem colocando dentro de seus lares um vasilhame responsável por armazenar produto inflamável inapto ao uso?


Por trás desta mascara da marca do gás de cozinha, escondemos a marca dos fabricantes destes vasilhames dos botijões, esquecemos que todos botijões são fabricados para serem recarregáveis e qualquer Companhia Distribuidora autorizada pela ANP tem condições de encher qualquer botijão do consumidor sem riscos, mas ao contrário, firmamos a posição da promoção do cartel, da verticalização do setor, deixamos de forma irresponsável a população brasileira pagar com a vida, resultado claro do poderio de um pequeno grupo de empresas que atropelam o Brasil, ignoram nossas Leis, o Congresso Nacional e buscam sua lucratividade custe o preço que for necessário...


A ASMIRG-BR destaca que a classes dos revendedores de GLP, gás de cozinha, não enche nossos botijões, recebemos estes com selo inviolável e qualquer tentativa de reclamação de nossas revendas, estas sofrem retaliações duras por estarem desalinhadas aos interesses das Distribuidoras.


Colocamo-nos a disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais.


Cordialmente,

Alexandre Borjaili
Presidente
Associação Brasileira dos Revendedores de GLP, ASMIRG-BR

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir