CE terá US$ 2,3 bi da Petrobras

A Petrobras informou que investirá US$ 2,3 bilhões em projetos localizados no Ceará, entre 2011 e 2015. Desse montante, conforme dados passados pela assessoria de imprensa da estatal, US$ 1 bilhão será destinado ao segmento de exploração e produção. Já refino, transporte e comercialização de derivados contarão com US$ 1,2 bilhão em investimentos nos próximos quatro anos.

De acordo com a companhia petrolífera, no total, serão US$ 2,4 bilhões para o Estado, considerando-se os aportes da companhia mais o dinheiro proveniente de parceiros.

O valor cearense é 304% inferior aos recursos que serão destinados ao estado da Bahia, por exemplo, que terá US$ 9,2 bilhões da companhia pelos próximos quatro anos.

Contratada pela Petrobras para projetar e fazer a engenharia de detalhamento das refinarias Premium I, no Maranhão, e Premium II, a ser instalada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), no Ceará, a norte-americana UOP inaugurou, nesta semana, no Rio de Janeiro, o seu primeiro escritório na América Latina. A unidade começará operando com 25 funcionários, mas poderá crescer. De acordo com o presidente do grupo Honeywell (do qual faz parte a UOP), Rajeev Gautam, a empresa busca projetos adicionais nas áreas de refino, petroquímica e biocombustíveis.

Equipamentos locais

Ele afirmou, ainda, que os dois empreendimentos nordestinos terão 50% de conteúdo local em equipamentos e até 60% em engenharia. A companhia já qualificou fornecedores do ramo metalmecânico para fabricar sob licença os equipamentos das duas unidades, como internos de reatores, que terão que ser fornecidos no País.

Além das refinarias, a empresa tem contrato com a Petrobras para fornecer a tecnologia de separação de CO2. Entre os projetos que interessam à UOP, estão a refinaria do Comperj (no Rio) e a planta de liquefação embarcada para o pré-sal.

Experiência no setor

Ao todo, a empresa conta com cerca de 3 mil patentes de tecnologias voltadas para a indústria de petróleo e gás, que representam mais de 90% do faturamento do grupo Honeywell, da ordem de US$ 38 bilhões.

Pré-detalhamento

Já a Chemtech, do grupo Siemens, espera concluir o pré-detalhamento das refinarias Premium I e II no primeiro semestre de 2012. À empresa, que trabalha, neste caso, com a UOP e Foster Wheeler, coube basicamente o estudo da área on site das refinarias - as outras duas companhias ficaram, respectivamente, com a parte de hidrotratamento e a unidade de coqueamento retardado.

Refino

1,2 bilhão será destinado para o segmento de refino, transporte e comercialização de derivados do petróleo no Ceará

Fonte: Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir