Polícia descobre venda ilegal de gás de cozinha para lavar dinheiro em aglomerados de BH

Um esquema de revenda de gás de cozinha comparável ao de favelas cariocas. Coordenado por trás dos panos por traficantes de drogas para lavar dinheiro ilícito, parte do setor de comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP) em bairros pobres da Região Metropolitana de Belo Horizonte estaria registrado em nome de “laranjas”, beneficiados pela venda de botijões com peso inferior ao previsto. Operação conjunta da Polícia Civil, Secretaria Estadual da Fazenda e Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) interditou oito revendedores na Grande BH, que, se somadas, podem ter faturamento mensal superior a R$ 10 milhões, segundo estimativas relacionadas às notas fiscais apreendidas.

As investigações foram iniciadas há quatro meses a partir de denúncias feitas por consumidores à Polícia Civil. Na lista de possíveis irregularidades, a venda ilegal de GLP; adulteração de produtos; alteração ou falsificação de notas fiscais e armazenamento irregular. Os investigadores afirmam que os revendedores ilegais aproveitam a dificuldade de conferir o peso do botijão e o adulteram. É simples: parte da carga de três unidades era retirada por um mecanismo chamado chupa-cabra e transferido para um quarto botijão, num esquema denominado três por um. Tal transferência, além de lesar o consumidor, aumenta os riscos de explosão do botijão. “Quando adulterado, ele tem poder maior que uma granada, sendo capaz de jogar um prédio no chão”, afirma o coordenador da operação, delegado do Departamento de Investigação de Crimes contra o Patrimônio, Anselmo Gusmão.


Vistoria

Na terça-feira, primeiro dia de operação, os agentes vistoriaram 20 pontos de venda e oito deles foram autuados. Nos dois dias seguintes, no entanto, outros 20 pontos foram visitados, mas todos estavam fechados, fora de funcionamento. Por isso, a operação deve ter sequência nos próximos dias. “A documentação apreendida num único estabelecimento mostra que ele foi negociado três meses antes por R$ 400 mil, mas o lucro líquido era de R$ 150 mil, o que torna a operação de compra bastante suspeita. No mínimo, deveria ter sido pago 10 ou 15 vezes o valor do lucro”, afirma o delegado, relacionando a negociata ao suposto esquema comandado por traficantes.

Ele afirma que a maior parte das revendas investigadas estão em posse de seus atuais donos há menos de um semestre e essas movimentações na sociedade estariam diretamente ligadas à tentativa de ocultar o verdadeiro proprietário. Outro indício da relação entre o tráfico e o setor de gás é a proibição imposta a certos revendedores de atuar em algumas regiões, principalmente em periferias. Segundo os investigadores, os traficantes imporiam limites para a atuação dos revendedores para não atrapalhar suas áreas de atuação.

A documentação apreendida deve ser periciada por técnicos da Receita Estadual nos próximos 15 dias. Se confirmadas as suspeitas, os proprietários das revendas podem ser multados pela ANP em até R$ 5 milhões. “As denúncias são recorrentes, mas a ANP só tem um fiscal para atuar em todo o estado, o que dificulta a apuração dessas suspeitas”, afirma Gusmão. Até a próxima semana, 40 envolvidos devem ser chamados para prestar esclarecimentos e, com isso, a suspeita é que o número de integrantes da rede ilegal aumente.

A Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (Asmirg) orienta os consumidores a conferir se o lacre de segurança está inviolável antes de comprar o botijão. Outra dica é exigir a nota fiscal, o que indica que a possibilidade de a revenda ser ilegal é mínima e ainda observar os cuidados com a embalagem, se está amassada, enferrujada e com a validade em dia.

Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/09/16/interna_gerais,250984/policia-descobre-venda-ilegal-de-gas-de-cozinha-para-lavar-dinheiro-em-aglomerados-de-bh.shtml

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir