OGX divulga resultados do terceiro trimestre

A OGX, empresa de óleo e gás do Grupo EBX, do empresário Eike Batista, fechou o terceiro trimestre com investimentos de R$ 2,2 bilhões em exploração e produção (E&P) no Brasil em 2011. Somando os valores de 2007 a 2010, o volume de investimentos totaliza cerca de R$ 6,8 bilhões, o que torna a OGX a empresa de óleo e gás privada que mais investe no Brasil. Atualmente, a companhia possui nove sondas de perfuração contratadas e mais de 6.000 funcionários envolvidos em suas atividades, dos quais 305 próprios.

A companhia encerrou o terceiro trimestre com sólida posição de caixa de R$ 6,7 bilhões (US$ 3,6 bilhões), o suficiente para suportar os compromissos exploratórios e o desenvolvimento da produção inicial.


O período foi marcado pela intensa execução nas operações da companhia, com importantes avanços rumo ao primeiro óleo, início do desenvolvimento na bacia do Parnaíba e resultados representativos nos testes da bacia de Santos. Ainda no âmbito exploratório, foram confirmadas as extensões e características de acumulações descobertas. “Rumo ao início de uma robusta geração de caixa, assinamos contrato de comercialização de nossa primeira carga com a Shell, atestando a qualidade do óleo de Waimea”, destaca Paulo Mendonça, Diretor Geral e de Exploração da OGX.


Neste trimestre, a OGX continuou focada na campanha exploratória na bacia de Campos, onde perfurou 9 poços de delimitação e 1 poço pioneiro. Foi iniciada a fase de testes de formação na bacia de Santos, onde foram obtidos resultados bastante positivos, com a confirmação da presença de gás e condensado. Na bacia do Parnaíba, a OGX Maranhão iniciou a perfuração do primeiro poço produtor e concluiu a perfuração de um importante poço pioneiro.


Outro destaque importante foi o início da perfuração, em novembro, do primeiro poço exploratório na bacia do Espírito Santo. A entrada da OGX na bacia do Espírito Santo, uma bacia de fronteira com diversos campos de petróleo já descobertos e um sistema petrolífero ativo, amplia a área de atuação exploratória. Em conjunto com a Perenco, operadora e parceira nesta bacia, já foram identificados dois prospectos a serem perfurados, Moriche e Guarapari. Foi iniciada a perfuração do primeiro poço exploratório em águas profundas (1.100 metros de lâmina d’água), no prospecto Moriche, pela sonda Ocean Star.


Tendo em vista o início da produção, a OGX recebeu a licença de instalação (LI), referente ao Teste de Longa Duração (TLD) e desenvolvimento da produção de Waimea, concedida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). Com isso, iniciou-se a instalação do sistema de ancoragem do FPSO OSX-1 e dos equipamentos submarinos para interligação do primeiro poço produtor (OGX-26HP). Todos os equipamentos necessários para o TLD de Waimea já foram entregues, inclusive o FPSO OSX-1, que chegou ao Brasil no início de outubro.


“Com as licenças obtidas e equipamentos em mãos, iniciamos a instalação dos sistemas de produção e seguimos nossa execução para entregarmos o primeiro óleo da OGX em tempo recorde. O TLD de Waimea reúne o esforço de um trabalho em equipe à agilidade nas tomadas de decisão da OGX”, comentou Reinaldo Belotti, Diretor de Produção da OGX.


A OGX tem em vista importantes eventos esperados para os próximos meses, sendo eles: (i) início da produção; (ii) continuação da campanha de delimitação, principalmente na Bacia de Campos e Santos; (iii) campanha exploratória na bacia do Espírito Santo; (iv) continuação da campanha exploratória de delimitação na bacia do Parnaíba; (v) resultados de testes de formação de poços horizontais que já serão preparados para serem poços produtores e; (vi) contratação de sísmica para nossos blocos localizados na bacia do Vale Inferior Madalena, na Colômbia.


Resultado financeiro – A OGX registrou prejuízo de R$ 26 milhões no terceiro trimestre de 2011, comparado com R$ 202,3 milhões no mesmo período do ano anterior. Esse valor decorre do impacto positivo do resultado financeiro líquido de R$ 138,8 milhões compensado pelas despesas administrativas de R$ 78,9 milhões, pelas despesas com exploração de R$ 50,2 milhões, pelos impostos e contribuição social de R$ 35,8 milhões e pela participação dos minoritários de R$ 8,5 milhões.


Para acessar ao release de resultados completo, acesse www.ogx.com.br/ri e clique em Informações aos Investidores> Central de Resultados.

Fonte: i n s i g h t n e t . c o m . b r

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir