Petrobras gasta R$ 400 bilhões

A maior companhia no Brasil em valor de mercado até novembro de 2011, Petrobras, foi eleita pela nona vez consecutiva a Empresa Mais Admirada do setor de Petróleo e também a Estatal mais admirada do País. Ao longo de sua história, que começou em 1953, a Petrobras vem priorizando a inovação, a criatividade e o desenvolvimento tecnológico como fatores fundamentais da superação de obstáculos, especialmente no fundo do mar. - Em 2020, quando completará 67 anos, a companhia planeja estar entre as cinco maiores empresas de energia do mundo, não somente no segmento de combustíveis, mas também com a geração de eletricidade por fontes renováveis, como a eólica, área na qual a empresa já possui um parque de geração na Região Nordeste.

Para o presidente que há mais tempo ocupa este cargo na companhia, José Sérgio Gabrielli, que assumiu a função em julho de 2005, esse reconhecimento, assim como tem sido com outras distinções recebidas ao longo dos últimos anos, é resultado da competência e dedicação da força de trabalho da companhia, especialmente no desenvolvimento de novas tecnologias e alternativas operacionais, e no aperfeiçoamento do que há de mais avançado no mundo nos setores em que atua. O executivo sempre lembra que a empresa é de referência no mercado de exploração e produção do mineral em águas ultraprofundas e que essa posição a deixa em situação privilegiada quando vai a mercado, seja para a aquisição de equipamentos para continuar o desenvolvimento dos campos que possui, seja para captação de recursos financeiros.

Um dos reflexos dessa contínua busca por crescimento tem como alicerce o seu Plano de Negócios de 2011-2015, que prevê a aplicação de cerca de R$ 400 bilhões. Segundo Gabrielli, esse é o maior investimento previsto de uma empresa de petróleo em escala global. Para conseguir esses recursos a empresa teve que passar por um conturbado processo de chamada de capital no ano de 2010, mas que na visão do executivo foi bem-sucedida.

"Em 2010 fizemos a maior oferta de ações já realizada no mundo, atingindo R$ 120,2 bilhões, o que permitiu que o nosso grau de alavancagem financeira -razão entre capital próprio e de terceiros- descesse de 31% para 17%", destacou o presidente da Petrobras.

Para alcançar a meta projetada para 2020 -figurar como uma das cinco maiores empresas de energia do mundo- a companhia enfatiza atributos que considera fundamentais para atingir este objetivo: o fortalecimento da integração na cadeia petrolífera, essencial para quem quer crescer no segmento de petróleo e gás; a retomada da posição na petroquímica; ampliação da participação em biocombustíveis, e a expansão dos investimentos em inovação, tecnologia e recursos humanos.

O planejamento estratégico da Petrobras envolve todas as atividades, com ênfase na área de exploração e produção, que receberá 57% dos investimentos até 2015. Tal priorização dessa área tem como meta dobrar a produção atual em cinco anos e chegar a um volume diário, em 2020, de 6,4 milhões de barris de petróleo. A segunda maior parcela dos investimentos está destinada às áreas de refino e transporte, envolvendo a construção de quatro novas refinarias, 49 navios de grande porte em estaleiros nacionais e milhares de quilômetros de dutos. "Teremos também forte participação no mercado de biocombustiveis, ampliando nossa produção."

Deste plano de investimentos a previsão é de aportes anuais médios de cerca de R$ 80 bilhões, montante este que, segundo o diretor-financeiro e de Relações com Investidores, Almir Guilherme Barbassa, ainda poderá ser aplicado até o fim deste ano.

"Com isso, vamos intensificar os trabalhos exploratórios nos 130 mil metros quadrados de áreas que temos sob concessão, pôr em operação novos sistemas de produção, principalmente nas Bacias de Santos e Campos, e dar prosseguimento à construção das quatro novas refinarias, uma das quais deverá iniciar operações em 2012. Também ampliaremos nossa participação na produção de biocombustíveis e expandiremos a oferta de gás natural. Paralelamente, como fazemos constantemente, analisaremos oportunidades de novos negócios", reafirma Gabrielli.

Para a consolidação da excelência da tecnologia, porém, tem sido fundamental a integração do nosso Centro de Pesquisas (Cenpes) com as áreas de negócio e com instituições brasileiras de ciência e tecnologia. Hoje, a Petrobras possui uma rede de pesquisas tecnológicas que integra mais de 70 universidades e instituições de ensino superior. "Com isso, as metas robustas de nossos planos quinquenais têm sido sempre atingidas. A vocação da Petrobras para inovar é reconhecida internacionalmente. Em 2010 conquistamos posições de destaque no ranking de empresas inovadoras das revistas Fortune e BusinessWeek", acrescenta.

Recentemente a Petrobras reportou o segundo maior lucro líquido já registrado por uma empresa brasileira: R$ 6,336 bilhões foram obtidos no trimestre de julho a setembro de 2011.

Em 2020 a estatal espera estar entre as cinco maiores empresas de energia do mundo, no segmento de combustíveis e no setor de geração de eletricidade

Fonte:DCI/MAURÍCIO GODOI

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir