Petrobras interrompe operação em refinarias após vazamento de óleo

Um vazamento de petróleo ocorrido em um oleoduto no Terminal Marítimo Almirante Barroso (Tebar), da Transpetro/Petrobras em São Sebastião, no Litoral Norte, interrompeu as operações de transferência do produto para as refinarias de Cubatão e de São José dos Campos por pelo menos dois dias.

O vazamento foi interno e não há registro de óleo no mar.

O acidente aconteceu na tarde de quinta-feira (9), mas somente no sábado a Transpetro no Rio de Janeiro, órgão da Petrobras responsável pelo transporte de petróleo e derivados por via marítima, confirmou o vazamento publicamente.

Desde então, as operações para as refinarias foram suspensas. Segundo a estatal, foram encontrados “indícios de óleo” em uma bomba localizada em uma bacia de contenção de um dos tanques dentro do terminal. Os reparos começaram no sábado, diz a empresa por meio de nota.

Funcionários que preferem não se identificar classificaram o vazamento como “grande” e dizem que o oleoduto teria apresentado fissuras. “Diversos caminhões de sucção foram usados para retirar o óleo, mas não estavam dando conta”, afirma um funcionário.

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) não havia sido comunicada pela empresa até a tarde de sábado, assim como a Secretaria do Meio Ambiente de São Sebastião. A reportagem não conseguiu contato com a Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O último grande vazamento de petróleo em oleoduto registrado em São Sebastião ocorreu em 19 de fevereiro de 2004. O rompimento foi detectado no Parque Estadual da Serra do Mar, na Praia do Guaecá, a 4,5 quilômetros acima do nível do mar.

O vazamento ocorrido em 2004 durou seis horas e o petróleo atingiu três rios e a praia do Litoral Norte. O oleoduto, que atendia a Refinaria de Cubatão, apresentava sinais de fadiga. Na época, a Petrobrás não informou a quantidade de óleo vazado.

Ampliação

A Transpetro/Petrobras não informou as causas do acidente, a quantidade de petróleo vazado nem a destinação do produto recolhido.

O fato aconteceu no mesmo dia em que a empresa anunciou ao Conselho do Meio Ambiente de São Sebastião um projeto para a ampliação dos píeres de atracação de navios petroleiros no Canal de São Sebastião, obra que depende de licenciamento ambiental.

Segundo a secretaria, o licenciamento do terminal marítimo venceu em 2010.

Tebar

O Tebar é o maior terminal marítimo da América Latina e responde por algo entre 55% a 60% de todo o petróleo consumido no País. Seu parque possui dezenas de tanques que armazenam petróleo e derivados provenientes da Bacia de Campos (RJ) e do exterior.

Depois, os produtos são transferidos por meio de oleodutos para as refinarias de Cubatão, São José dos Campos, Paulínia e São Bernardo do Campo.

Fonte: A Tribuna

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir