Eike vende fatia da EBX para fundo de Abu Dhabi


VENDEU
O bilionário Eike Batista anunciou nesta segunda-feira que a Mubadala, uma estatal do governo de Abu Dhabi que investe em outras empresas, fechou contrato para pagar USD 2 bilhões para virar sócia da EBX com participação de 5,63% na holding Centennial Asset Brazil Equity Fund e em outras holdings do empresário. Assim, terá participação indireta nas empresas de capital aberto – OGX (petrolífera), OSX (construção naval), MMX (mineração), LLX (logística) e MPX (energia) – e também nas de capital fechado (AUX, REX e IMX).

GRUPO 
"Os recursos provenientes do investimento de Mubadala serão usados para reforçar a já sólida estrutura de capital do grupo, além de suportar o desenvolvimento de novos negócios em diversos segmentos, incluindo associações recentemente anunciadas pela EBX", assinala o comunicado. O Grupo ainda destaca que não terá mudança no controle das empresas do grupo. Os investimentos vão ser usados para “suportar a estrutura de capital do grupo” e o “desenvolvimento de novos negócios em diversos segmentos”.

EMIRADOS
  Khaldoon Khalifa Al Mubarak, CEO e diretor da Mubadala, disse em nota que “firmar parcerias com empresas de classe mundial é um elemento-chave” da estratégia de investimento da empresa. No site oficial da companhia, ela afirma que o foco da empresa é na “gestão de investimentos de longo prazo que ofereçam fortes retornos financeiros e tangíveis benefícios sociais para o emirado”. Em 2002, a Mubadala foi criada pelo Governo de Abu Dhabi, com um mandato de facilitar a diversificação da economia do país. Em suma, enquanto os investimentos têm de ser comercialmente viáveis, gerar lucros sustentáveis, eles também têm de enfrentar fortes retornos sociais para o país e os Emirados Árabes.

PREJUÍZO
  Duas empresas de Eike Batista, que divulgaram seus balanços semana passada, tiveram prejuízos milionários em 2011. A OGX, companhia de petróleo, praticamente quadruplicou suas perdas entre 2010 e 2011. O prejuízo em 2011 foi de R$ 509,8 milhões, contra perda de R$ 135,5 milhões em 2010. A LLX, companhia de logística, encerrou 2011 com prejuízo líquido de R$ 52,9 milhões. A perda é mais que o dobro da registrada em 2010, quando a LLX teve resultado negativo de R$ 25,38 milhões. Em 2009, houve lucro de R$ 46,19 milhões.

Fonte: NN Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir