PetroChina supera Exxon e lidera em produção de petróleo


Uma grande mudança está acontecendo nas principais empresas que controlam o mercado de petróleo - uma gigante americana está atrás de uma principiante chinesa. A Exxon Mobil não é mais a maior produtora de petróleo negociada em bolsa do mundo. Pela primeira vez, o título vai para uma empresa chinesa de 13 anos chamada PetroChina, criada pelo governo chinês para garantir mais petróleo para a economia crescente do país.

Nesta quinta-feira a PetroChina anunciou que produziu 2,4 milhões de barris por dia no ano passado, ultrapassando a Exxon em 100 mil barris. A companhia cresceu rapidamente na última década ao conseguir "espremer" os campos de petróleo mais velhos da China e gastando mais do que companhias ocidentais para adquirir mais reservas de petróleo em locais como Canadá, Iraque e Qatar, motivada pela necessidade de garantir a maior quantidade possível de petróleo.

A produção da empresa chinesa aumentou 3,3% em 2011 enquanto a da Exxon caiu 5%. Aliás, a produção da Exxon ficou atrás ainda da Rosneft, da Rússia.

A ascensão da PetroChina destaca a diferença fundamental sobre como as maiores companhias de petróleo planejam abastecer o mundo uma vez que os novos depósitos se tornam mais raros e passa a ser mais caro produzir.

A maioria das grandes empresas de petróleo estão atrás de novos campos para substituir os poços atuais. Alguns analistas avaliam que as companhias ocidentais, como a Exxon, têm sido mais conservadoras do que a empresa chinesa, ciente de seu lucro e do retorno ao investidor. Com os preços do petróleo em alta de 19% em 2011, as petrolíferas fizeram dinheiro sem aumentar a produção.

A PetroChina tem uma missão diferente. O governo chinês detém 86% das ações e a China utiliza quase toda gota de petróleo que a companhia produz. O apetite dos chineses por gasolina e por outros produtos petrolíferos deve dobrar entre 2010 e 2035. "Devemos ir adiante", comentou o presidente da empresa chinesa, Jiang Jiemin.

Vale notar que a PetroChina entrou em uma onda de compras, adquirindo novas reservas no Iraque, na Austrália, na África, no Qatar e no Canadá. Desde 2010, as aquisições totalizaram US$ 7 bilhões, quase o dobro da Exxon, conforme dados da Dealogic.

Fonte: Valor, Associated Press.

1 comentários:

Ver em Cores disse...

Não estou entendendo os números da matéria, a petrobrás informou que produziu em fevereiro/12 a média de 2,7 milhões de barris por dia, deveria está em primeiro lugar.
Segundo o portal folha:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1058986-exxon-mobil-preve-produzir-menos-petroleo-e-gas-em-2012.shtml:
A companhia (Exxon Mobil), maior produtora mundial de petróleo e gás que não tem controle do governo, viu a produção no ano passado crescer 1%, para 4,5 milhões de barris de petróleo equivalente por dia.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir