Companhia Liquigas/Petrobras promove prática desleal com sua rede de revendedores.

Lamentavelmente encontramos na mídia graves denuncias contra a Petrobras, uma empresa que pelo próprio nome se define –Brasileira- porém atua em nosso mercado da forma desumana. Nossas denuncias são alarmantes, coloca o povo brasileiro em risco, mas o que mais nos chama a atenção é a omissão do Estado Brasileiro.

Em um cenário onde nossos três Poderes se rendem a este pequeno grande grupo de Companhias, destacamos mais um ato da Companhia Distribuidora Liquigas/Petrobras. De uma forma desleal em especial com sua rede, a Liquigas/Petrobras lança uma Campanha onde nossos consumidores concorrerão na compra do gás de sua marca a um sorteio onde o premio pode ser de uma casa, chamado Plano Mil.


Este criativo plano de marketing Liquigás/Petrobras tem uma pequena condição, nossas revendas de bandeira Liquigas deverão primeiro passar por um processo de validação e adesão, não basta ter a bandeira Liquigas, mas o grande absurdo é a taxa obrigatória que deverão contribuir ou pagar. A Liquigas promove uma concorrência desleal até em sua rede, o setor vive uma crise, além dos aumentos abusivos promovidos por este grupo de Companhias, nossas revendas são obrigadas a pagar uma taxa para continuar no mercado de forma igual com as demais de sua bandeira, aquele revendedor que não dispor desta taxa fica destinado ao fechamento de sua empresa, deixa de ser competitivo não pela concorrência natural do setor revenda, mas por ações absurdas, desumanas e impostas por sua própria marca.


A omissão dos órgãos públicos, do próprio Estado a esses abusos deixa o povo brasileiro refém de um grupo de Companhias Distribuidoras que utilizam uma prática de comercio extorsiva e colocam nossos consumidores em risco eminente de suas vidas.



Ações que venham limitar ou até mesmo promover o fechamento de nossas revendas deveriam ser vista com cuidado e cautela por nossas autoridades que nos leem em cópia, afinal, a conta final é paga por nossos consumidores que hoje se limitam na utilização do gás de cozinha, não mais utilizando de seu forno, substituindo um produto que base para sua alimentação por lenha, serragem, latinhas com álcool, quando não encontramos os casos mais graves, quando não fecham seus fogões até que o dia de seu pagamento chegue...


Cordialmente,

Alexandre Borjaili
Presidente
Associação Brasileira dos Revendedores de GLP, ASMIRG-BR

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir