Petrobras vai financiar 5 mil bolsas de estudos para brasileiros no exterior


A Petrobras confirmou na quarta-feira (09), que participará do programa Ciência sem Fronteiras, afirmando o compromisso de aportar R$ 319 milhões financiados para dar oportunidades de formação no exterior para estudantes brasileiros. O compromisso foi assinado no evento de assinatura do protocolo de cooperação.

A Companhia foi representada pelo diretor Corporativo e de Serviços da Petrobras, José Eduardo Dutra, o presidente do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Glaucius Oliva, o presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Jorge Almeida Guimarães e o diretor da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) Florival Rodrigues de Carvalho, todos assinaram o documento.

Segundo o diretor José Eduardo Dutra, a participação da Petrobras no Programa representa relevantemente no incentivo à educação. “Nossa participação representa uma oportunidade para a ampliação do esforço no fomento à formação e qualificação de profissionais, beneficiando o segmento de petróleo, gás, energia e biocombustíveis”.

Até 2015, os melhores estudantes e pesquisadores brasileiros que se inscreverem serão financiados pelo governo (75 mil bolsas) e pela iniciativa privada (cerca de 26 mil bolsas) para estudarem ciências exatas, engenharias e biomédicas nas principais universidades do mundo. Até agora, as universidades conveniadas estão localizadas nos Estados Unidos, Austrália, Reino Unido, Alemanha, Coréia do Sul, Bélgica, Holanda , Canadá, Espanha, Portugal e outros. Também estão em negociação convênios com as instituições da China, Japão, Finlândia e Índia.

O Programa Ciência sem Fronteiras
O Programa têm o objetivo de promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional de estudantes brasileiros. O público-alvo são os alunos de universidades e instituições de Ciência e Tecnologia que atendam às condições estabelecidas no edital. Este projeto é o resultado de uma iniciativa conjunta do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento - CNPq e Capes - e também da Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

Haverá bolsas disponíveis em várias modalidades. A parceria com a Petrobras contempla as bolsas de graduação sanduíche (dirigida a alunos de graduação para estágios de seis meses a um ano em atividades acadêmicas e laboratórios de pesquisa, empresas ou centros de P&D, no exterior); doutorado sanduíche (para aluno de doutorado permanecer por até 12 meses no exterior), e doutorado pleno (para estudantes que pretendam fazer o curso em instituição de alto desempenho nas áreas prioritárias do Programa, com ênfase em tecnologia e inovação).

Para os estudantes interessados, basta acessar o site www.cienciasemfronteiras.gov.br, e conferir os requisitos definidos nos editais para a seleção. A inscrição deve ser formalizada via internet. O critério de avaliação dos alunos será por mérito.

Fonte: NN - Margarida Camargo.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir