Senai terá instituto de P&G no Rio


O Senai vai instalar um instituto de inovação no Rio de Janeiro, voltado para o desenvolvimento de tecnologias de automação aplicadas no setor de petróleo e gás (P&G). A unidade faz parte do Programa de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira, que será implantado pela entidade até 2014.

O instituto estará capacitado para oferecer soluções de P&D, pesquisa avançada, inovação, soluções de alta performance, engenharia reversa com protótipo rápido (em resina ou metal), entre outros serviços, para as indústrias que atuam no setor. “Estaremos aptos a desenvolver soluções inéditas para novos produtos e novos processos industriais”, explicou o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi.

O programa prevê 23 Institutos Senai de Inovação (ISI) em 14 estados brasileiros. As unidades foram concebidas para desenvolver tecnologias com aplicações diversas na indústria, como novos materiais, micro manufatura e laser. O estado contemplado com mais unidades é São Paulo (4), seguido por Minas Gerais (3) e Rio de Janeiro (2).

O investimento também contempla a instalação de 40 Institutos Senai de Tecnologia (IST) em 17 estados. Os ISTs serão formatados para atender setores específicos da indústria e trabalharão em rede como os ISIs. Pelo menos três estados - Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Alagoas - receberão unidades voltadas para a área de P&G.

Além de encaminhar a demanda de P&D da indústria para os ISIs, os ISTs oferecerão serviços, como metrologia, ensaios e testes laboratoriais para atestar ou elevar a qualidade de produtos. Os ISTs também oferecerão educação profissional em todos os níveis, inclusive cursos superiores, atendendo as principais demandas regionais.

O investimento no programa será de R$ 1,9 bilhão, dos quais R$ 1,5 bilhão será financiado pelo BNDES e o restante com recursos próprios. A cifra também será aplicada na ampliação do número de matriculas/ano de 2,2 milhões para 4 milhões, além da construção de 53 novas escolas profissionalizantes, ampliação de 215 já existentes e contratação de 81 unidades móveis até 2014.

Fonte: Energia Hoje

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir