Faltam geólogos para o pré-sal

Estimativas da Sociedade Brasileira de Geologia (SGB) mostram que os projetos de E&P do pré-sal demandam, ao menos, 10 mil especialistas, número 20% superior ao contingente de 8 mil geólogos existente no país.

Atualmente, existem apenas 28 cursos de geologia no país, lançando no mercado 560 profissionais anualmente, os quais se distribuem em setores diversos. No caso do pré-sal, a situação é ainda mais problemática, uma vez que, para formar um profissional qualificado seriam necessários, no mínimo, 11 anos de capacitação.


Uma das consequências do gargalo de mão-de-obra é a importação de especialistas. Segundo a SGB, o profissional estrangeiro não possui conhecimento suficiente sobre as características geológicas do país. 

O custo para implantar um curso de geologia pode chegar a R$ 20 milhões de reais, incluindo estrutura física e equipamentos para laboratórios, e cerca de 600 mil reais anuais para manutenção. “Não é um valor alto se comparado ao impacto que a atividade tem proporcionado à economia nacional nos últimos anos”, defende o coordenador responsável pela montagem do novo curso de geologia na Universidade Federal de São Paulo, Adilson Viana Soares Jr. 

O especialista é também vice-presidente do 46º Congresso Brasileiro de Geologia, que acontecerá em Santos (SP), de 30 de setembro a 5 de outubro.

Fonte: Energia Hoje

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir