Convenio ANP‏


O convênio da ANP tem como objetivo fiscalizar a qualidade dos combustíveis vendidos nos Postos e Revendas de Gás em todo Estado de Pernambuco

Toda ação que visa banir irregularidades/ilegalidades no setor é recebido com otimismo, mas devemos observar algumas características especiais do setor revenda de GLP – o tradicional gás de cozinha quando empregamos o termo qualidade.

Primeira: O botijão de gás de cozinha vem das Distribuidoras com lacre inviolável, após seu rompimento não é possível sua recolocação sem que seja percebido o ato de violação. Portanto quando nos referimos à qualidade do produto, esta referencia deve ser observada nas Distribuidoras.

Segunda: O botijão de gás é cheio com o liquido do gás e ar comprimido, uma quantidade abaixo da pressão necessária impedi o uso dos treze quilos ofertados, o que resulta em resíduos que retornam para as Distribuidoras. Portanto, quanto ao peso e a pressão se colocada a menor, que podem produzir graves danos ao consumidor também é de responsabilidade das Distribuidoras e não daqueles que recebem um produto com lacre inviolável – nossas revendas legalizadas de GLP.

Terceira: Da segurança, esta associação tem discutido muito sobre a omissão de nossos órgãos de defesa do consumidor no que se refere à data de validade do VASILHAME do gás de cozinha, o consumidor é o dono do seu vasilhame, não ganhou, não esta em comodato, foi adquirido e pago pelo consumidor, mas os vasilhames ficam limitados numa publicidade de quem o vendeu, a marca do verdadeiro fabricante nem sempre é vista, corresponsável por qualquer dano ao consumidor, esse sequer é mencionado, a validade do botijão não existe, num total desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, motivo de muitas tragédias em todo território nacional, lamentavelmente no Brasil convivemos com uma grande quantidade de botijões impróprios para o uso circulando livremente em todos os Estados, indo diretamente para dentro de nossas cozinhas.... Uma responsabilidade de quem enche os botijões – as Distribuidoras.

Não sabemos em quais quesitos nossas revendas legalizadas poderão ser cobradas quanto à qualidade dos combustíveis, mas certamente se esta ação atuar de forma imparcial, buscando atender os consumidores, visando autuar e banir do mercado os verdadeiros culpados que visam denegrir nosso mercado, o Estado do Pernambuco será um exemplo a seguir no Brasil.


Convite:http://www.programagaslegal.com.br/baseS/GASLEGAL%20CALEND%C3%81RIO%20DE%20EVENTOS,%20CONVOCA%C3%87%C3%95ES%20E%20PAUTAS/U91.pdf



Cordialmente,


Alexandre Borjaili
Presidente
Associação Brasileira dos Revendedores de GLP, ASMIRG-BR

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir