Proporcionalidades no aumento do gás de cozinha de até R$ 5,00

Dia 01 de setembro iniciamos o mês com um novo aumento do gás de cozinha, aumentos são práticas comuns em nosso setor, embora o preço na Petrobrás esteja fixado desde 2003, nossas revendas sofrem pequenos reajustes constantes. A revenda que abaixa seu preço de venda, sofre aumento, a que contraria sua Companhia, sofre aumento, o que não nos falta é aumento, isso quando não nos deixam sem gás numa forma de ação educativa.

Para que possamos ter uma visão do impacto de um aumento, fazemos uma comparação básica com um caso recente, uma Companhia Distribuidora firma acordo com CADE para cessar suposta denuncia de cartel. Neste acordo (abaixo), o processo se encerra e esta Companhia Distribuidora terá que pagar uma contribuição pecuniária no valor de R$ 10 milhões.

Comparando os dados da ANP, esta Companhia quita este débito durante um ano, repassando ao setor revenda um aumento de R$ 0,12 (doze centavos) somente nos botijões de até 13 Kg. Uma forma simples de não ter sua lucratividade afetada, de ironizar o Estado Brasileiro, acordos que atuam como verdadeiros incentivos a prática do cartel no Brasil.

Num Brasil de dois pesos e duas medidas, temos estes órgãos de fiscalização aplicando multas ao nosso setor, ai sim, o Estado Brasileiro é firme, “confiscatório”, a revenda que deixa um botijão fora da área de armazenamento é autuada com multas de R$ 50 mil, R$ 100 mil, tratados como verdadeiros criminosos, nosso setor não tem o amparo da Constituição Federativa do Brasil, o direito a defesa, simplesmente multam e executam.

Dia 01 de setembro, o setor revenda de GLP, tradicional gás de cozinha, estará repassando a todos consumidores, um aumento imposto pelas Companhias Distribuidoras, um repasse de uma ação extorsiva como sempre vem se apresentado no Brasil, onde um pequeno grupo utilizando de manobras e apoios, firmam Termo de Ajustamento de Conduta visando sempre sua lucratividade, ignorando a segurança, envasando botijões impróprios ao uso, driblando o Estado Brasileiro.

Cordialmente,

Alexandre Borjaili
Presidente
Associação Brasileira dos Revendedores de GLP, ASMIRG-BR

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir