Lava-Jato é pretexto para fim do conteúdo nacional


A Operação Lava Jato já vem sendo usada como pretexto para o fim da política de conteúdo nacional nas compras da Petrobras. Esta posição foi defendida pelo novo presidente do Instituto Brasileiro do Petróleo, Jorge Camargo. "Precisamos simplificar mais o conteúdo local, buscar um maior foco. Nenhum país do mundo consegue produzir tudo. Temos que focar na área da indústria onde tivermos maior vantagem comparativa", disse ele, que assumiu o IBP depois de comandar a norueguesa Statoil.

Entidade composta por empresas multinacionais, como Shell, Repsol e Chevron, e também por firmas brasileiras do setor de óleo e gás, o IBP vocalizou uma antiga demanda de setores mais liberais: o fim do conteúdo nacional, exigido pelo Petrobras desde o governo Lula, e a abertura para mais importações.

O momento parece oportuno por uma razão simples. Estaleiros brasileiros, como o Rio Grande e o Enseada, que têm empreiteiras como acionistas, estão quebrando. Além disso, a Sete Brasil, que é um dos pilares da política de conteúdo nacional, também se tornou alvo da Lava Jato e há até ações do Ministério Público para que a empresa seja impedida de receber financiamentos do BNDES.

No entanto, o argumento de que o Brasil deve se focar nos setores em que tem "vantagem comparativa" é falacioso. Embora não seja hoje um dos maiores produtores de sondas e plataformas, perdendo para países como Japão, Coréia, Holanda e Noruega, o Brasil passou a ter escala – e "vantagens comparativas" – desde que a descoberta do pré-sal fez da Petrobras uma das empresas com maiores reservas de óleo e gás no mundo.

Foi justamente esse potencial de encomendas da empresa que permitiu o renascimento da indústria naval brasileira nos últimos doze anos. Agora, no entanto, um dos efeitos colaterais da Lava Jato pode ser também o fim de uma política industrial que gerou mais de 200 mil empregos no País, atraiu estaleiros internacionais, como Jurong, Hyundai e Kawasaki, e poderia transformar o Brasil com uma indústria de maior conteúdo tecnológico.

Fonte: 247

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir