Conteúdo nacional posto em dúvida

Um grupo de fornecedores nacionais da área de refino protesta contra um pedido de R$ 15 milhões em válvulas tipo esfera feito pela Petrobras à empresa italiana Valvitalia Group. As peças destinam-se à Abreu e Lima (Rnest). Os empresários consideram que o índice de conteúdo nacional na construção da refinaria não está sendo respeitado.

Dados da Secretária de Comércio Exterior (Secex), ligada ao Ministério do Desenvolvimento, mostram aumento de cerca de 30% na importação do item entre 2006 e 2009. Entre os países que mais exportaram válvulas para o Brasil no período, a China registrou o maior crescimento, cerca de 69%.

A Petrobras afirma em nota que está adotando a política de consolidar as demandas para itens que não possuem fabricação no Brasil. Segundo a petroleira, está sendo exigido o conteúdo local mínimo de 72% para o programa de revitalização do parque de refino nacional e entre 70% e 80% para a construção de novas plantas.

Os fornecedores pedem ao governo isenção de impostos nas vendas para a Petrobras para garantir a competitividade dos produtos nacionais frente aos importados.

Fonte: EnergiaHoje

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir