VAZAMENTO DE PETRÓLEO NA CHINA FAZ VÍTIMA FATAL

A última semana do setor petrolífero começou com a notícia de novas manchas de óleo detectadas no Golfo do México, mesmo após uma tampa ter estancado o vazamento, no último dia 15 de julho. A partir dessa suspeita, o governo norte-americano notificou a British Petroleum (BP) da necessidade de remover a tampa, caso a ameaça de petróleo no fundo do mar fosse confirmada. Ainda na segunda-feira, dia 19, foi divulgado que a lei de reforma do sistema financeiro dos Estados Unidos irá obrigar as empresas de petróleo, gás e mineradoras com ações em Bolsas americanas a disponibilizar informações detalhadas sobre os pagamentos feitos a governos.

A grande notícia da semana, no entanto, ganhou as manchetes do setor na terça-feira, dia 20. Uma explosão de um oleoduto na China fez com que o porto de Dalian, um dos maiores do país, fosse fechado. O acidente derramou cerca de 1500 toneladas de petróleo no Mar Amarelo, causando uma mancha de 183 quilômetros quadrados. Para a operação de limpeza do vazamento, foram deslocados pelo menos seis navios-tanque de imediato, com capacidade de armazenamento de 12 milhões de barris de petróleo. No dia seguinte, esse número já aumentara para 40 barcos de controle, segundo o vice-prefeito de Dalian, Dai Yulin.

Na quarta-feira, dia 21, a preocupação do governo chinês já aumentava à medida que o óleo ameaçava ultrapassar as fronteiras marítimas do país. "Nossa prioridade é recolher o óleo derramado no prazo de cinco dias para reduzir a possibilidade de contaminação de águas internacionais”, disse Dai Yulin. A situação se agravou e ganhou mais destaque na mídia na quinta-feira, dia 22, quando a imprensa noticiou a morte do bombeiro Zhang Liang, de 25 anos, que se afogou depois que uma onda o derrubou de um dos barcos que tentavam conter o vazamento. Enquanto isso, em cinco dias de derramamento, o óleo já se espalhara por uma área de mais de 430 quilômetros quadrados. A notícia de que o oleoduto havia sido consertado só circulou na sexta-feira, dia 23, ainda sem o saldo dos prejuízos econômicos e ambientais.

No Brasil, a manchete que mereceu mais destaque na última quinta-feira foi o anúncio de que o principal investidor privado da Petrobras e maior gestor de recursos do mundo, a empresa norte-americana BlackRock reduziu seus investimentos na estatal brasileira. “Estamos vendo oportunidades melhores em outras partes e, dados o atraso na operação (da capitalização) e as incertezas com seu tamanho e o preço dos barris, achamos que, na melhor das hipóteses, a Petrobras vai andar de lado até a operação ser definida”, justificou o gestor de ativos para a América Latina do BlackRock, Willian Landers.

Ainda no mesmo dia, quatro das maiores petrolíferas do mundo tornaram pública a criação de uma “força-tarefa” contra vazamentos de óleo da magnitude do episódio no Golfo do México. Chamada provisoriamente de Marine Well Containment Company (Companhia de Contenção de Poços Submarinos), a empresa sem fins lucrativos formada por Exxon Mobil, Chevron, Shell e ConocoPhilips receberá um investimento inicial de US$ 1 bilhão. A iniciativa visa também atenuar as críticas do governo dos EUA e da sociedade ao setor, que teve a imagem abalada com o caso do derramamento de petróleo no poço da BP.

Ameaça climática

Fechando a semana, na última sexta-feira, dia 23, veio a notícia de que uma tempestade tropical que se formava no Caribe deixou em alerta os tripulantes dos navios encarregados da operação de contenção definitiva do poço que vaza petróleo no Golfo do México. A ameaça fez com que parte da equipe se retirasse do local e os trabalhos fossem paralisados. Com isso, o almirante da reserva da Guarda Costeira, Thad Allen, suspendeu as atividades e afirmou que a situação pode culminar na retirada da tampa que cobre o poço há uma semana, o que despejaria, novamente, óleo no mar durante dias.

Por Matheus Franco
matheus.f@nicomexnoticias.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir