Devido a testes no pré-sal, Petrobras desperdiça gás

DO RIO - Apesar da retomada do consumo de gás no pós-crise, a Petrobras mantém níveis elevados de queima do produto em suas plataformas: o desperdício chegou a 7,3 milhões de metros cúbicos ao dia na média de janeiro a maio -volume mais que suficiente para abastecer a Grande Rio de Janeiro.

Considerando o preço do gás vendido às distribuidoras em contratos de três anos, a Petrobras deixa de gerar uma receita diária de cerca de US$ 4,2 milhões.

Em 2009, por conta do menor consumo, a estatal queimava mais gás. O mercado reagiu, mas o volume desperdiçado não voltou aos níveis anteriores.

Para Marco Tavares, especialista da Gas Energy, o volume de gás não aproveitado "é muito elevado". "O país carece de soluções para a queima, que gera uma perda de recursos naturais e lança CO2 na atmosfera."

Segundo ele, o pré-sal aumenta o risco de perdas. Como na maior parte dos atuais campos em produção na bacia de Campos, o gás está associado ao petróleo.

Para produzir o óleo -mais rentável-, é preciso dar um destino ao gás. São três as opções: transporte por gasoduto para o continente, reinjeção nos poços ou queima -a mais ineficiente.

Tavares diz que ainda há tempo até a entrada em operação dos campos do pré-sal para pensar numa solução, como a conversão do gás para o estado líquido em alto-mar e seu transporte em navios. Tal solução já está em estudo pela Petrobras.

A Petrobras reconhece que os testes de produção no pré-sal elevaram a queima de gás neste ano.

Fonte: Folha de S.Paulo/PEDRO SOARES

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir