Modal dutoviário na indústria do petróleo

Duto é o nome dado às tubulações usadas para transportar grandes quantidades de petróleo e derivados. O duto é a forma mais segura de se transportar grandes volumes de petróleo e derivados a grandes distâncias, visto que os sistemas de supervisão e controle dos dutos aumentam a eficiência e a segurança das operações.

A análise dos custos de transporte por esse modal indica expressiva vantagem econômica se comparado aos outros modais, isso acontece em função da redução dos com fretes, que influenciam no preço final dos derivados, e fora que o transporte por dutos pode ser constante por 24 horas e possui alta eficiência energética.

Os dutos são classificados de acordo com o produto que transportam e de acordo com sua finalidade.

Quanto ao produto: oleoduto, gasoduto e poliduto.

Quanto à finalidade: dutos de transferência e dutos de transporte.

Os polidutos são nada mais do que uma solução técnica e econômicamente viável para o transporte de diferentes produtos. Apesar disso há problemas de interface entre os diferentes produtos transportados em série nesse duto.

Para diminuir os efeitos indesejados causados por essa interface, deve-se escolher produtos que absorvam a interface e minimizem a interferência na qualidade do produto.

Gasodutos

Nesses dutos há uma perda de energia por atrito e a pressão cai ao longo da tubulação, sendo necessária uma estação de compressão para elevar a pressão e permitir a continuidade do fluxo do produto. Essas pressões podem atingir de 100 a 150 kgf / cm2.

• O transporte por dutos é econômicamente viável a distância de até 6.000 km, dado o custo de compressão do gás aos longos percursos.

Dutos quanto a sua finalidade

• Dutos de transporte: Movimentação de petróleo e seus derivados ou gás natural em meio de percurso considerado de interesse geral, ou seja, têm vários clientes como destino.

• Duto de transferência: Movimentação de petróleo e derivados ou gás natural em meio ao percurso considerado de interesse específico e exclusivo do proprietário, ou seja, interessa somente uma entidade ou eventualmente duas entidades distintas.

Os dutos podem ser ainda terrestres ou submarinos

Dutos terrestres

• Subterrâneos: São aqueles enterrados para serem mais protegidos das intempéries, acidentes provocados por veículos ou vandalismo. No geral são enterrados a uma profundidade de 80cm.

• Aparentes: São dutos visíveis, normalmente encontrados nas chegadas e saídas das estações de bombeamento, nas de carregamento e descarregamento e nas de lançamento.

Dutos submarinos

São denominados a maior parte da tubulação submersa no fundo do mar. Sendo utilizado para o transporte da produção de petróleo de plataformas marítimas para as refinarias ou tanques de armazenagem situados em terra.

Principais características:

• Baixo consumo de energia
• Baixo custo operacional: baixo consumo de energia e reduzida mão de obra utilizada.
• Baixa velocidade, 3 a 4 km/h
• Custo fixo elevado: elevados investimentos em dutos.


Fonte: Unipeg

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir