CEARÁ ADOTA SISTEMA DE TELEMETRIA NA DISTRIBUIÇÃO DE GÁS

Assim como já acontece em estados como o Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, o Ceará passou a realizar a medição, controle e atuações no sistema de distribuição de gás natural de forma remota. A novidade se estende tanto para clientes industriais, quanto em postos de combustíveis e estações de tratamento. A primeira fase do projeto já está implantada e faz o monitoramento de 50 postos na capital Fortaleza.

O segundo passo do programa estava marcado para o último dia 15, compreendendo a concorrência para a escolha da empresa forncecedora do serviço e dos equipamentos de monitoramento à distãncia, conhecido como telemetria. Essa fase irá atender mais postos e outros segmentos. No entanto, a decisão da companhia vencedora foi adiada para o dia 21 de dezembro, segundo o setor de Licitações da Companhia de Gás do Ceará (Cegás). A informação foi passada ao Nicomex Notícias pela assessoria da Secretaria da Infraestrutura do Estado do Ceará.

O sistema, orçado em cerca de R$ 5 milhões, permite à Cegás acompanhar em tempo real a rede de distribuição do gás natural no estado, permitindo, inclusive, uma melhora na segurança operacional, uma vez que é possível bloquear alguns ramais, caso seja necessário. Além dessa vantagem, a telemetria ainda oferece o acompanhamento mais preciso do consumo dos clientes, especialmente os segmentos como o industrial que consome grandes volumes de gás natural e os postos de combustível que comercializam o gás natural veicular (GNV).

Dessa maneira, tanto consumidores quanto a empresa distribuidora se beneficiam do sistema remoto. Os primeiros podem planejar seu consumo, e a Cegás tem a possibilidade de acompanhar melhor o perfil de cada cliente, através dos dados armazenados. “O novo sistema que estamos adquirindo dará melhor controle sobre o sistema de distribuição do gás e mais segurança aos consumidores”, ressaltou o presidente da Cegás, José Rêgo Filho, em nota.

Funcionamento
O programa de controle remoto para a distribuição de gás se estenderá, posteriormente, até os consumidores residenciais, evitando também a perda de tempo com o deslocamento de funcionários para medição periódica. O sistema funciona a partir dos pontos de entrega aos clientes, de onde partem os dados eletrônicos, através de sinal via cabo. As informações chegam a uma central chamada Unidade Terminal Remota (UTR) que armazena, processa e envia a um sistema integrador, comandado por um programa do Centro de Controle de Operações da Cegás.

Por Matheus Franco
matheus.f@nicomexnoticias.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir