Gabrielli detalha propostas do marco regulatório do pré-sal

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, participou, nesta sexta-feira (22), no Hotel Embaixador, em Porto Alegre, do seminário Pré-sal e o Rio Grande do Sul – Oportunidades para a Indústria, Trabalhadores e Sociedade. Ao lado do presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto e de outras autoridades da área, Gabrielli detalhou as propostas do marco regulatório para o pré-sal.

Segundo ele, a Petrobras terá um desempenho especial no novo modelo, trabalhando como operadora única destas áreas. Ele afirmou que "haverá otimização de recursos e as demandas serão tratadas em larga escala e com a garantia de conteúdo nacional, refletindo em emprego e renda no país". Além disso, conforme o dirigente, o conhecimento tecnológico ficará sob responsabilidade de uma empresa brasileira e de universidades parceiras.

Para ele, um dos obstáculos a serem superados é "a velocidade de crescimento da cadeia de fornecedores para acompanhar a demanda por equipamentos, prevista no Plano de Investimentos de US$ 224 bilhões até 2014".

Gabrielli ainda destacou o portal do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp) como importante ferramenta para que os fornecedores possam programar-se para atuar no atendimento das demandas da companhia nos próximos anos.

"Foram mapeados mais de 1,3 mil itens de materiais, equipamentos e componentes com projeção até 2014 que estão disponíveis no site do Prominp para que as empresa possam localizar potenciais clientes e fornecedores", ressaltou Gabrielli.

Já Miguel Rossetto ressaltou o desafio de curto prazo que o novo marco regulatório representa para a indústria gaúcha. Ele lembrou que a inserção do setor produtivo do Rio Grande do Sul no atendimento das demandas da Petrobras "contribuirá para a geração de renda e emprego no estado e para a criação de uma base tecnológica e de engenharia importantíssima não apenas para as áreas de petróleo e gás, mas para toda a indústria gaúcha".

O seminário, que buscou discutir a participação do Estado na cadeia produtiva do pré-sal, foi promovido pela Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa, com apoio da Ufrgs, e foi aberto pelo governador eleito Tarso Genro (PT). Os debates contaram ainda com as participações de Marcus Coester, coordenador do Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás e Energia da Fiergs, Rui Vicente Oppermann, vice-reitor da Ufrgs e Ronaldo Zülke, deputado estadual e representante da Comissão da AL.

Fonte: Jornal do Commercio(RS)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir