Ibama concede licença de implantação do Estaleiro Enseada do Paraguaçu

Salvador - Com o cumprimento de todas as condicionantes socioambientais, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu nesta quinta-feira (28) a licença de implantação do Estaleiro Enseada do Paraguaçu. O projeto será instalado no município de Maragojipe, às margens do Rio Paraguaçu e nas proximidades do canteiro de obras de São Roque.

“A obtenção desta licença representa um importante passo para a consolidação da indústria naval da Bahia, porque permite a construção efetiva deste estaleiro e a reinserção do estado na construção de plataformas de petróleo”, afirmou o secretário extraordinário da Indústria Naval e Portuária, Roberto Benjamin.

O estaleiro, a ser construído pela empresa homônima formada pela Odebrecht, UTC e OAS, será totalmente voltado para a produção de plataformas de petróleo, dentro de um terreno de três milhões de metros quadrados. Quando concluído, mediante investimentos previstos de R$ 2 bilhões, ocupará uma área aproximada de 150 hectares, com abrangência socioeconômica envolvendo Maragojipe, Itaparica, Saubara, Salinas da Margarida, Cachoeira e São Félix, cidades abordadas durante o processo de licenciamento.

Entre as principais condicionantes respeitadas pelo empreendimento, está o Projeto Básico Ambiental (PBA). “Consiste num conjunto de iniciativas relativas à alfabetização e capacitação da comunidade local, esgotamento sanitário, destinação de efluentes e resíduos sólidos, garantindo qualidade de vida ao entorno do estaleiro”, explicou o coordenador-executivo de Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil, Eracy Lafuente.

Somam-se a essas iniciativas a promoção de ensino profissionalizante para trabalhadores da região, cursos para pescadores extrativistas e aprimoramento das atividades exercidas pelos quilombolas, entre outras ações educativas. “Este estaleiro vai ser quase cinco vezes maior que o de São Roque do Paraguaçu, proporcionando a geração de muitos empregos, além do estímulo à qualificação de engenheiros navais e técnicos”, disse Lafuente.

Fonte:Rhaister

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir