Odebrecht no mercado subsea

A Odebrecht Óleo e Gás (OOG) está estruturando sua entrada no mercado de serviços para a área subsea. A empresa pretende trabalhar no lançamento de linhas rígidas e flexíveis, tornando-se a primeira companhia brasileira no segmento.

Os planos da OOG contemplam a construção de duas bases de apoio offshore no país e uma no exterior. No Brasil, estão sendo analisadas locações nas regiões Sudeste e Nordeste, adianta o presidente da empresa, Miguel Gradin.

A meta é estar com o cronograma para implantação das bases concluído em 2011. A OOG também pretende construir navios para o lançamento das linhas, mas a decisão só será tomada com contratos fechados.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (19/10) durante entrevista coletiva para divulgar o ingresso da Temasek Holding, fundo soberano de Cingapura, como novo sócio da OOG. A holding investiu na empresa brasileira US$ 400 milhões e terá participação de 14,3%.

A capitalização adia os planos da empresa de fazer sua abertura de capital na Bovespa. “Futuramente pode haver uma outra capitalização ou um IPO. Somente se houve necessidade financeira”, afirma Gradin.

A Odebrecht Óleo e Gás projeta investimentos da ordem de US$ 3,5 bilhões pelos próximos três anos. Os recursos aportados pela Temasek serão utilizados em novos projetos da empresa e não aportados nas cinco sondas que a empresa está atualmente construindo fora do país.

A Temasek Holdings figura entre os dez maiores fundos soberanos do mundo, com um portfólio de investimentos de aproximadamente US$ 133 bilhões.

Fonte: Energia Hoje

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir