SETOR NAVAL DE PERNAMBUCO SE DESTACA NO PAÍS


O crescimento do setor naval em Pernambuco está prestes a ganhar um impulso importante até o final do ano, com a aprovação do decreto que estabelece os novos limites do porto de Suape, localizado em uma área de 718 hectares na região de Ipojuca, a 40 quilômetros de Recife. Com isso, novos estaleiros poderiam se instalar no estado – até 2012, a expectativa é de pelo menos três deles invistam mais de R$ 3 bilhões nesse sentido.

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), o decreto presidencial será a senha para que a área de Suape se consolide como a maior do Brasil em disponibilidade para implantação de empreendimentos navais. De concreto, Suape já possui o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), criado em novembro de 2005, tendo como sócios os grupos Camargo Corrêa e Queiroz Galvão, a sul-coreana Samsung Heavy Industries (SHI) e a empresa PJMR. Além disso, o Estaleiro Promar, que venceu licitação da Transpetro, pretende iniciar suas obras, próximas ao EAS, em janeiro.

Em entrevista ao Nicomex Notícias, o presidente do Estaleiro Atlântico Sul, Angelo Alberto Bellelis, analisa a situação de expansão da região de Suape com bons olhos para o setor. “Consideramos a concorrência como natural e saudável em qualquer setor e não seria diferente com o nosso. Com certeza, o Brasil precisa de mais estaleiros para atender ao nível de demanda por embarcações que existe hoje e que tende a crescer nos próximos anos, com as oportunidades geradas pelo pré-sal”, diz Bellelis.

Para o executivo, o cenário que se apresenta em Pernambuco é de desafios e há, por parte do EAS, a certeza de que a escolha estratégica de se instalar no Estado foi correta. “O Complexo de Suape nos garante uma localização privilegiada em relação a grandes regiões produtoras de petróleo e gás nos Estados Unidos, África e Brasil e uma excelente infraestrutura portuária. A idéia é que tenhamos um cluster naval em Suape em um curto espaço de tempo. Várias empresas nacionais e internacionais nos procuraram e estão se instalando por aqui. Isto representa uma descentralização do setor, o que é muito importante para o Brasil”, afirma o presidente Angelo.

Porto de Recife também cresce
Ratificando a onda de desenvolvimento do setor naval de Pernambuco, o porto de Recife, após dois anos de queda, vai voltar a apresentar crescimento no volume de cargas em 2010. A expectativa é de que os valores sejam próximos de dois milhões de toneladas, uma alta de 19,7% em relação ao ano anterior. Esse resultado é fruto do processo de recuperação do ancoradouro, que chegou a ser ameaçado de desativação, muito em razão da sombra gerada pela evolução do Complexo de Suape. Após a definição pela manutenção da operação, os aportes vieram. Foram R$ 18 milhões aplicados em melhorias, além de investimentos federais da ordem de R$ 25 milhões.

Por Matheus Franco
matheus.f@nicomexnoticias.com.br

Fonte: NicomexNotícias

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir