FAFEN - Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados


A unidade de Camaçari iniciou suas atividades em 1971, produzindo fertilizantes nitrogenados a partir do gás natural dos campos produtores de petróleo da Bahia e de Sergipe. A fábrica foi pioneira na implantação do Pólo Petroquímico - uma das razões da escolha de Camaçari foi a de que já existia ali a estrutura industrial de gasodutos, água e eletricidade. Em 17 de dezembro de 1993, com a incorporação da Nitrofértil à Petrobras, passou a ter a denominação atual. A fábrica de Sergipe entrou em operação em 6 de outubro de 1982 e marcou um novo ciclo do desenvolvimento no estado, com a construção da adutora do Rio São Francisco, a ampliação da rede de energia elétrica, a revitalização da ferrovia que liga Sergipe à Bahia e ainda com a instalação do Terminal Portuário Ignácio Barbosa, em Barra dos Coqueiros, a 36 quilômetros de Aracaju.


Fafen tem faturamento recorde de R$ 867 mi

Em 2004 a Fafen teve faturamento recorde de R$ 867 milhões. A empresa aposta no crescimento do agronegócio e na substituição da importação de uréia e amônia.

A Fafen produz uréia, amônia - utilizadas na produção de fertilizantes e, em menor escala, em ração animal - e ácido nítrico, vendido, por exemplo, como insumo para a Dow Química, líder mundial em látex e serviços para os segmentos de papel-cartão e carpetes. A demanda por uréia tem crescido 5% ao ano no país, o que a levou a criar novos turnos para as equipes de entrega. O trabalho, que era restrito ao período entre segunda e sexta-feira, agora também ocorre nos finais de semana. Foram abertos ainda postos de faturamento nos portos de Santos e Aratu para redesenhar a estrutura de distribuição.

A subsidiária da Petrobras tem mais de mil funcionários e é a maior produtora de uréia do país. A produção é de 3,3 mil toneladas por dia, sendo 1,5 mil toneladas em Camaçari e 1,8 mil em Laranjeiras. A produção de amônia é de 2,7 mil toneladas diárias.

Localização: são duas unidades industriais. Pólo Petroquímico de Camaçari (BA) e Laranjeiras (SE).

Área: 0,28 km2 (BA) e 1 km2 (SE).

Contribuição em impostos: R$ 47 milhões/ano (ICMS)

Principais produtos: Amônia, uréia fertilizante, uréia pecuária, uréia industrial, ácido nítrico, hidrogênio e gás carbônico.

Capacidade instalada: 900 mil t/ano de amônia; 1,1 milhão de t/ano de uréia; 36.000 t/ano de ácido nítrico e 150.000 t/ano de CO2.

Por: Diego Costa - Equipe UP

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir