HRT prevê gerar dois mil empregos com a exploração de petróleo no AM

Primeira sonda está em fase final de montagem no município de Tefé. Poço começa a operar em junho

Empresa petrolífera já contratou 800 trabalhadores e promete chegar ao final do ano com mais de 2 mil, a maioria no interior do Estado.

Até o final desse mês – a HRT Oil & Gas, empresa petrolífera que vai explorar petróleo nos municípios de Tefé, Carauari e Coari – começará a perfuração do primeiro poço. Em fase pré-operacional, a empresa já investiu cerca de R$ 50 milhões e contratou aproximadamente 800 pessoas só para começar a operação. Até o final deste ano, a empresa estará operando com mais de dois mil funcionários, a maioria no interior.

Para dar suporte à perfuração do primeiro poço em Tefé, a HRT contratou 600 pessoas no município. Praticamente todo o pessoal de campo, de geofísica, preparação de base, topografia, montagem, transporte fluvial, apoio logístico, segurança de trabalho, entre outras áreas, foi contratado no próprio município.

A petroleira está fechando acordos com o Governo do Estado para capacitar trabalhadores de Tefé, por meio do Cetam e da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). A ideia do presidente da empresa, Márcio Rocha Mello, é manter a política de prioridade à mão-de-obra local. Mesmo os funcionários de qualificação mais específica, como os engenheiros, foram contratados em Belém, sendo que a maioria é de ex-funcionários da Petrobras.

Produção O primeiro poço da HRT deve começar a produzir em junho, ainda em teste de longa duração. “Acreditamos que naquela reserva há 800 milhões de barris. Na bacia do Solimões, sempre há 60% de óleo e 40% de gás, ou 60% de gás e 40% de óleo”, disse Rocha Mello. A produtividade esperada em Tefé é maior que a das reservas de Urucu, em Coari, algo em torno de 2,5 mil barris por dia, segundo as estimativas. E esse será apenas o primeiro poço. A empresa planeja perfurar 12 este ano, e 24 em 2012. Oito perfurações deste ano já estão licenciadas pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

Beneficiamento local O processamento do petróleo e do gás retirados de Tefé e Carauari pela HRT será feito nos próprios municípios. Há planos para produção de fertilizantes - amônia, ureia e metanol - a partir do gás natural em Tefé. Um dos fatores que concorrem para isso é a própria precariedade das vias de transporte no interior. “Na Amazônia, se tem que fazer qualquer coisa que envolva transporte, significa custo, tempo e muito dinheiro. O ideal é que se consiga fazer todo o beneficiamento no local”, comentou Rocha Lima.

Outra possível utilização para o gás natural é a geração de eletricidade. O empresário cogita a possibilidade de construir pelo menos uma termelétrica de grande capacidade em Tefé ou Carauari. A transmissão da energia seria feita através de uma rede que passaria sobre a copa das árvores.

Uma ligação com o sistema nacional em Porto Velho permitiria à usina amazônica fornecer energia para o restante do País. Um projeto audacioso, que depende da confirmação das reservas e da produtividade previstas para a HRT.

Se todo o potencial dos poços de Tefé for confirmado, o município poderá, em poucos anos, se transformar em uma nova “Coari”, dispondo de fartos recursos oriundos dos royalties, pagamentos que a empresa exploradora deve fazer diretamente ao município onde ocorre a exploração. Se a produção nos campos de Tefé já estivesse, hoje, a todo vapor, a HRT já estaria pagando duas vezes mais royalties do que a Petrobras paga a Coari. Enquanto isso, Tefé respira esperança de que, em junho, o petróleo comece a jorrar

Por: Joubert Lima, Jornal A Critica Online
Indicado por: Professor Elias Santos Junior

6 comentários:

Anônimo disse...

eu trabalhei em uma empresa de perfuração e ela acabou de perder o contrato,sou mecãnico de manutenção de maquinas hidráulicas,pneumáticas,e a diésel!mais como não tinha esperiençia na epoca dentro do urucú,entrei como assistente de mecãnico,passei um ano e tres meses trabalhando como mecãnico pela mesma empresa,ate a petrobrás reicindir o contrato,então a empresa não chegou a me classificar,e todos nos ficamos desempregados isso foi a dois meses atraz,gostaria de engressar de volta ao meu ramo adorei trabalhar no urucú,e amo o meu trabalho; gostaria que vc;s; me desem uma oportunidade para trabalhar e poder mostrar a minha gratidão recompençando com meus serviços,agradeço desde já.coracy mendonça de barros: koracy barros@hotmail.com

Anônimo disse...

gostaria de saber como pode um sondador contratar mão de obra desqualificada para prestar serviços de perfuração para uma empresa de grande porte e que carrega consigo uma grande responsabilidade como a HRT?e se essa empresa não sabe que tem pessoas com esperiencia totalmente qualificadas em manaus?..e o caso da TUSCANY....o sr: Carlos Arieta que preside a tuscany driling, em manaus colocou toda asua comfiança em uma unica pessoa a qual ela só conheçe a tres meses,para comtratar 90% dos funçionarios sendo que!o proprio sondador avia acabado de entrar na empresa e ja avia saido de outra empresa por falta de profissionalismo e por tratar os companheiros mal;e todos queriam ver ele fora da empresa,menos nos de manaus!e toda a vez que iamos para tentar uma vaga na tuscany ele falava que não tinha mais vagas quando na verdade tinha!e essa pessoa estava colocando mecãnico despreparado,porque mora proximo a sua casa,colocou auxiliar de mecãnico sem nunca ter pego em uma ferramenta classificou por si proprio os homens de area que ele conheçia na outra empresa para platarfomista ou seja praticamente um despreparado!colocou ate o proprio pai sem esperiençia para trabalhar como homem de area, e se não fosse o bastante acabamos descobrindo atraves de pessoas que estão trabalhando la nesse momento e que essas pessoas ja trabalharam com nosco, que esse sondador havia cobrado mil reais de cada uma delas para segurar as vagas,enquanto isso ficamos desempregados?não e pessoal!isso se chama justiça.pois não e justo ficarmos desempregados por uma palhaçada dessas,? estaremos de olho!e aguardamos providençias

Anônimo disse...

Meu nome é PatriciaResido em Tefé, formada em Administração de empresas, pós graduada em gestão de RH, sou profissional com 20 anos de experienvia na área de RH/DP e estou a diposição para uma oportunidade na área.
sds
Patricia Stenck
e-mail pstenck@ig.com.br

Anônimo disse...

bom dia ,meu nome é Marcondes Dias ,sou soldador de maquinas mag mig e eletrica ,preciso de uma oportunidade para mostrar minhas abilidades e desempenho ,como faço pra enviar meu curriculum pra essa conceituada empresa,segue meu email pra contato marcondes.dias@hotmail.com

Anônimo disse...

Boa noite, meu nome é Márcio Cunha sou Eng Ambiental e Pesca com especilização em Petróleo e Gás, gostaria de ter uma oportunidade de trabalho na hrt. solicito informações de como ter esta oportunidade.

grato a todos.

marcioengpesca@hotmail.com

Unknown disse...

Boa noite, meu nome é Jorge Rocha dos Santos sou operador de plataforma.Gostaria de uma oportunidade para fazer parte do quadro de funcionários da HRT,e assim desenvolver meu trabalho com qualidade e eficiência.

Binho_rocha78@hotmail.com

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir