Petróleo gera maior parte do investimento industrial no país

Levantamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) mostra que os gastos com refino, exploração e produção somam R$ 378 bilhões de 2010 a 2014.

Os dados indicam que a concentração de investimentos da indústria no setor de petróleo deve se acentuar mais nos próximos anos.

Só 11,9% dos investimentos previstos nestes quatro anos são referentes ao pré-sal -apenas uma fração do esperado em etapas posteriores de produção.

“O desafio é trazer esse investimento para dentro da indústria brasileira. Até agora, a capacidade dela ficou aquém do que se desejaria”, afirmou Ernani Teixeira, economista do banco. Relatório da Agência de Informações de Energia dos EUA destaca que o Brasil é hoje o nono maior consumidor de energiano mundo e que as recentes descobertas de petróleo no pré-sal podem fazer do país um dos maiores produtores mundiais.

O BNDES conseguiu mapear R$ 1,6 trilhão em projetos de investimento até 2014, o equivalente a cerca de 50% de todos os investimentos a serem feitos no país. O banco estima que o montante total de recursos em investimentos, incluindo também as pequenas empresas, chegue a R$ 3,3 trilhões. Segundo Teixeira, o cenário instável da economia mundial e o seu efeito sobre os setores industriais dificultaram o levantamento.

Teixeira destaca a siderurgia como um dos setores mais afetados pela crise.

“Alguns projetos foram colocados em banho-maria. A dificuldade do setor é ganhar mercado no exterior”, disse.
Mesmo com os entraves, o banco projeta que o país crescerá a um ritmo de 5,8% ao ano no período de 2010 a 2015. O patamar é superior à projeção de crescimento da economia mundial, de 3,5%.

Para manter a economia em expansão, o banco estima que a taxa de investimento deverá subir gradativamente até alcançar 22,4% em 2014. Nos cálculos do BNDES, a taxa de investimento de 2010 foi de 18,9% e o PIB cresceu 7,7%.
Um fator decisivo para a expansão, segundo o banco, será o investimento em infraestrutura, liderado pelos setores de energia elétrica e logística. A previsão é que o volume de investimentos no período chegue a R$ 380 milhões, 54% mais do que o realizado de 2006 a 2009.

Fonte: Folha, Janaína Lage

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir