Ebse e HCI criam companhia para atender segmento de óleo e gás

A Ebse, fabricante carioca de tubos de aço, e a HCI, da área de conexões industriais, se associaram em uma nova empresa - a Ebci Soluções Integradas - para explorar oportunidades que vão surgir com os projetos da Petrobras. A parceria quer fornecer pacotes integrados, com diferentes tipos de tubos de aço e conexões, para projetos industriais na área de óleo e gás. A previsão da Ebci é faturar R$ 300 milhões em cinco anos, diz o superintendente, Guilherme Cruz.

O plano da Ebci, com sede em Queimados, na Baixada Fluminense, é oferecer soluções completas que incluam tubos de aço especiais sem costura importados, tubos de aço carbono com costura produzidos pela Ebse na sua fábrica, no Rio, e as conexões da HCI, localizada em Guarulhos (SP). Em 2011, a previsão da Ebci é faturar de R$ 60 milhões a R$ 70 milhões. Em menos de um mês de vigência da parceria, foram fechadas vendas de R$ 6 milhões.

Cruz diz que o principal mercado da Ebci são projetos do setor de óleo e gás, mas as indústrias sucroalcooleira, petroquímica, siderúrgica, de geração de energia e de mineração também estarão no foco da empresa. O executivo afirma que a Ebci iniciou processo para ser incluída no cadastro de fornecedores da Petrobras. Uma das ideias, informa, é que seus fornecedores internacionais sejam representados pela própria empresa junto à Petrobras.

Pelo acordo de acionistas, a empresa não pode vender os mesmos produtos da Ebse e da HCI. "A nova empresa vai entrar no segmento de tubos especiais, ligas duplex e superduplex, aço inoxidável e aços ligados", diz Cruz. A estratégia é consolidar parcerias com fornecedores e fabricantes internacionais de tubos especiais que completam a linha de produtos da Ebse.

Ele informa que junto com a HCI e um sócio francês constituiu em 2007 a Eurobras Piping, uma trading com sede em Marselha, na França, especializada em tubulações (tubos e conexões) para o mercado de petróleo e gás. A iniciativa permitiu expandir a relação com fornecedores estrangeiros que atendiam o mercado brasileiro. Segundo Cruz, há uma rede de 20 a 25 empresas que podem atuar como fornecedores da Ebci.

Cruz considera que cresceu muito a concorrência no mercado de tubos de aço no Brasil, com a chegada de fabricantes internacionais, entre eles empresas da China e da Índia que montaram estruturas comerciais no Brasil.

O capital da Ebci, com razão social Intertec, está dividido entre a Ebse (37,5%), HCI (33,5%) e Grecom, empresa de participações de Cruz (29%). A Intertec foi criada em 2010, mas foi só em fevereiro que a Ebse entrou no seu capital, comprando participação acionária. A partir da transação societária, a Ebci começou a operar. A Ebse faturou R$ 140 milhões e o grupo HCI teve receita de cerca de R$ 80 milhões no ano passado, segundo Cruz.

Fonte: Valor Econômico/Francisco Góes | Do Rio

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Free Website templatesFree Flash TemplatesRiad In FezFree joomla templatesSEO Web Design AgencyMusic Videos OnlineFree Wordpress Themes Templatesfreethemes4all.comFree Blog TemplatesLast NewsFree CMS TemplatesFree CSS TemplatesSoccer Videos OnlineFree Wordpress ThemesFree Web Templates
Subir